Soldagem a arco de plasma (PAW)Apesar de a soldagem, como um processo de fundição de metais, remontar a milhares de anos, a soldagem a arco foi desenvolvida ao longo de 100 anos atrás, por isso, a solda a arco de plasma surgiu recentemente, em 1957. A história de soldadura tem o seu início em 1800, quando um arco entre dois eletrodos de carbono foi demonstrado pela primeira vez na Inglaterra. No final do século 19, o primeiro processo de soldagem a arco foi patenteado nos Estados Unidos. Durante o tempo, antes e durante a I Guerra Mundial, o processo foi continuamente aperfeiçoado e refinado.

Em 1930, o gás de proteção foi adicionado ao processo de solda a arco para ajudar a eliminar a contaminação dos eletrodos. No início do século 20, novos avanços em tecnologia de soldagem de arco surgiam década após década, tornando esse processo de fundição na indústria metal mecânica mais eficaz, precisa e segura. O ponto culminante dessa progressão veio em 1964, quando o processo de arco com plasma foi introduzido ao trabalho de soldagem de modo geral.

Mas o que é a solda de arco plasma (PAW - plasma arc welding) ? É um processo semelhante a outros tipos de solda a arco, mas o eletrodo é introduzido em um pequeno bocal. Isto permite uma separação do gás de proteção inerte, e tende a apontar o arco, resultando em um fluxo de plasma de alta intensidade que é capaz de alcançar velocidades incrivelmente altas e arcos com altas temperaturas. A principal vantagem do método de plasma de arco foram as soldas de precisão que poderiam ser feitas em metais finos.

Isto permitiu que soldagem fosse utilizada em muitas aplicações em que os métodos de soldagem normais eram incapazes de lidar com a precisão necessária que o material e sua aplicação exigiam. As máquinas de solda a plasma e seus processos pode ser manuais ou automáticos. Eles tendem a produzir soldas retas, precisas, finas e de grande qualidade, tanto em termos estéticos quanto em termos de atributos pra o produto. Esse tipo de solda é muito mais precisa do que a soldagem MIG ou TIG, por exemplo, devido ao grande poder de foco que o processo permite.

Embora seja possível que o advento da tecnologia de solda a laser possa substituir eventualmente a solda a arco de plasma em muitas aplicações, onde seja preciso lidar com peças pequenas que necessitam de soldas extremamente estreitas e precisas, a solda a arco com plasma permanece hoje como um dos métodos de soldagem mais econômicos e práticos. As principais vantagens da soldagem de plasma atualmente são soldas mais consistentes e maior facilidade de ser aplicado às peças soldadas, uma vez que o equipamento de solda é bem mais fácil de manusear. Aplicações de soldagem precisas são possíveis sem risco de dano e de calor aos dispositivos adjacentes à máquina principal.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Metal Mecânica
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Metal Mecânica