Indústria naval e emissões de carbonoUltimamente, parece que a maior parte das indústrias está tomando a iniciativa de elaborar planos que visem uma produção sustentável sem maiores riscos para o meio ambiente. A indústria naval vem se posicionando de forma tal a fim de se tornar ambientalmente mais segura e procura maneiras alternativas de produção em que consiga reduzir as suas emissões de carbono, assim como outras empresas do segmento industrial. Podemos dizer que este começa a ver uma luz no fim do túnel e agora mudam lentamente sua perspectiva sobre o meio ambiente, descobrindo maneiras pelas quais o meio ambiente possa ser preservado. Há um número seleto de grandes empresas que estão seguindo uma tendência ecológica na indústria e adaptam os seus navios para que reduzam as suas emissões de carbono.

Uma empresa de transporte que está melhorando suas práticas é a companhia de navegação Maersk. Eles criaram várias metas para reduzir suas emissões de carbono e pretendem diminuir as suas emissões em 20% até 2017. Come essas ações voltadas ao meio ambiente, a empresa espera se tornar uma marca mais eco-friendly (amigável ecologicamente). A empresa acredita que através da implementação dessa mudança, eles darão o exemplo e incentivam outras companhias marítimas a adotar medidas que gerem um desenvolvimento sustentável ao longo dos anos. Por meio de algumas providências, a Maersk está reduzindo suas emissões de carbono e incentiva outras empresas a fazerem o mesmo por intermédio da otimização de seus motores, bem como da renovação dos seus navios com dispositivos que os deixem menos poluentes. A empresa também desenvolveu um sistema a vapor para todos os seus navios.

Ao olhar com mais atenção para a questão da redução das emissões de carbono no transporte marítimo, a questão do biocombustível é comumente destacada. Algumas empresas já testaram esses combustíveis a fim de ver se elas poderiam se beneficiar, contudo não tem havido grande desenvolvimento nos últimos tempos. O biocombustível é fabricado a partir de óleos vegetais, gorduras animais e outros ingredientes. Também conhecido como biodiesel, o biocombustível é produzido a partir de um processo chamado transesterificação.

Se os biocombustíveis puderem ser usados em motores de navio, há a probabilidade é de que essa fonte de energia irá substituir parcialmente o combustível normal no futuro, contribuindo para a redução das emissões de carbono. É muito positivo que a indústria do transporte marítimo esteja atenta com o objetivo de preservar o meio ambiente. Especialistas esperam que o avanço na produção de biocombustíveis ajudará na ampla distribuição deste combustível para os navios, e que eles serão capazes de reduzir suas emissões de carbono em um futuro bem próximo.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Meio Ambiente
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Meio Ambiente