Equipamentos de Proteção Individual usados em fábricas de produtos químicosNeste artigo vamos falar sobre os equipamentos de proteção individual (EPI) utilizados em fábricas de produtos químicos. Em cada planta química, o processo de trabalho exige diferentes equipamentos de proteção individual, dependendo das tarefas a serem desempenhadas e seu grau de periculosidade. Os equipamentos de segurança são dispositivos destinados a proteger os trabalhadores de acidentes de trabalho graves ou doenças decorrentes do contato com agentes químicos, radiológicos, físicos, elétricos, mecânicos e outros perigos existentes e oferecidos no local de trabalho.

Antes de decidir usar um modelo de EPI, a primeira coisa a fazer é identificar os perigos associados a uma determinada obra ou trabalho, avaliar os riscos e, em seguida, selecionar o método de controle em segurança do trabalho mais adequado, seguindo a hierarquia de controle de risco. Logo abaixo, selecionamos os tipos mais comuns de equipamento de proteção e suas finalidades.


Tipos de equipamentos de proteção individual

Capacetes de segurança: protegem a cabeça de perigos como o impacto da queda ou objetos voadores, incluindo o risco de bater a cabeça contra máquinas e outros dispositivos, evitando que o cabelo fique emaranhado, aumentando o risco de contato com fiação elétrica exposta ou alguns de seus componentes.

Óculos de proteção ou protetores oculares: as lentes resguardam os olhos contra os riscos, tais como pó de produtos químicos ou respingos de metal, além de partículas, gases ou vapores corrosivos ou radiação. Alguns exemplos de dispositivos de proteção para os olhos são os óculos de segurança e óculos de solda a laser.

Proteção de face: os equipamentos de segurança de proteção de face abrigam a face contra poeira, respingos ou pulverização de produtos químicos perigosos, faíscas, respingos de metal, e assim por diante. Alguns dispositivos de proteção de face incluem viseiras de soldagem.

Proteção auditiva: os protetores auriculares protegem os ouvidos contra o elevado nível de ruídos, algo muito comum nas plantas industriais.

Proteção de mão e braços: é essencial proteger a mão e o braço de perigos causados por produtos químicos, choques elétricos, que ocasionam irritação da pele e queimaduras, devido às temperaturas extremas e à abrasão, além dos cortes e fraturas. Os aparelhos de proteção de braço incluem luvas especiais.

Proteção para os pés: As botas de borracha de segurança resguardam pés e pernas contra riscos de deslizamentos, queda de objetos, produtos químicos, abrasão, superfície quente e úmida, objetos cortantes, etc.

Proteção respiratória: materiais nocivos podem provocar prejuízos ao sistema respiratório dos operários, pois entrar no organismo por inalação, dando início à insuficiência respiratória. Por isso, é essencial o uso de máscaras de proteção em ambientes onde haja muita poeira e que possa ocorrer inalação de substâncias químicas.

Proteção para o corpo: exemplos de dispositivos de proteção para o corpo são coletes, aventais, macacões descartáveis, macacões convencionais e jaquetas de segurança, como forma de sinalizadores.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Segurança do Trabalho
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Segurança do Trabalho