Responsabilidade Social Corporativa nas indústriasO conceito de responsabilidade social corporativa nas indústrias e grandes corporações é uma realidade a ser planejada, a fim de que todos os integrantes e pessoas envolvidas com a organização possam contribuir de modo efetivo no crescimento sustentável da companhia. Empresas como a Gerdau, Indústrias Romi, Sesi, Votorantim, Natura, Vale, Petrobras e outras estão inseridas neste contexto e servem de exemplo para muitas outras companhias nacionais e multinacionais. Para isso, é preciso levar em conta alguns fatores essenciais na obtenção de sucesso em longo prazo.

O primeiro item importante é conseguir alinhar os objetivos do negócio com as diretrizes e recursos da empresa. O ideal é que os gestores saibam aproveitar as habilidades das equipes, os recursos disponíveis dentro da empresa e sua visão em longo prazo, alinhando todos esses elementos a fim de conseguir alcançar as metas de crescimento e sustentabilidade. Para isso, também é preciso analisar os riscos sociais e ambientais associados à indústria, e pensar em maneiras de abordar cada um desses temas de forma que a empresa possa conquistar vantagens e provar sua competência.

Criar projetos voluntários também é outra forma de envolver todos os departamentos e stakeholders da empresa em projetos de caridade, com doações, abrangendo o setor de Marketing da companhia para divulgação de ações implantadas na comunidade e para uma maior divulgação de programas corporativos de doação.

Contar com custos mais baixos é outro fator importante a ser citado. Muitas empresas estão descobrindo que o custo inicial de ser responsável ambientalmente (como investir em energia solar) é uma forma garantia de reduzir custos no futuro. Nesse sentido, torna-se primordial checar os materiais utilizados na composição e fabricação dos produtos, fazendo uso de recicláveis e poupando energia para reduzir as despesas operacionais, especialmente com a diminuição das emissões de dióxido de carbono.

Dependendo do segmento industrial, estas ações podem representar uma redução de custos de até 5% Cabe lembrar também que ter integridade no processo de produção não é apenas um meio de diminuir o impacto ambiental em cumprimento às normas legais, mas é também uma forma de evitar queixas dos consumidores. Ser responsável significa estar um passo à frente da legislação para que a empresa esteja preparada quando a legislação for aplicada.

A questão da imagem da empresa deve ser trabalhada de maneira criteriosa, especialmente por causa da crescente preocupação com questões sociais e ambientais, em que os consumidores querem saber o que uma marca realmente representa quando eles compram. A realidade de uma marca deve corresponder à sua reputação, e os clientes querem coerência total. A presença de coerência nas ações, ou a falta dela, significa evangelizar a marca perante os clientes, ou fazer com que eles comprem do concorrente.

Por outro lado, cada vez mais os funcionários preferem trabalhar em companhias que atuem para a base na responsabilidade corporativa, com programas de responsabilidade social eficazes. Contribuir para uma causa dá aos empregados um profundo sentimento de conexão com a empresa, e a organização ganha uma vantagem competitiva em recrutamento e retenção. Estudos indicam que 87% dos funcionários de companhias com programas de responsabilidade corporativa sentem mais comprometimento e um forte senso de lealdade para com seus empregadores.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Responsabilidade Social
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Responsabilidade Social