Dicas para contratar um eletricistaProblemas elétricos são comuns de acontecerem em qualquer ambiente, seja doméstico, na construção civil ou nas indústrias. Os circuitos elétricos são sistemas complicados e que exigem bastante conhecimento técnico no seu manuseio, caso contrário, muitos acidentes de trabalho podem ocorrer por conta da manipulação inadequada de fiações e outros dispositivos elétricos. Nesse caso, o uso de EPI é fundamental, mas é preciso também que o operador seja um eletricista profissional e saber escolhê-lo requer alguns cuidados especiais, seja para consertar pequenos problemas em casa ou para realizar grandes inspeções em máquinas e equipamentos industriais. Por isso, relacionamos algumas dicas para contratar um eletricista.

A primeira dica é sempre procurar profissionais especializados, com certificações e que apresentam um tempo de experiência no assunto. Isso é a prova de que ele é realmente um eletricista competente e que possui as qualidades necessárias para resolver os problemas e falhas elétricas com segurança. No caso de optar por empresas terceirizadas, é adequado realizar uma pesquisa prévia de mercado co todos os trabalhos já realizados pelos profissionais da empresa e, especialmente, se ela é idônea. Além disso, contar com a boa reputação da prestadora de serviços e de seus funcionários já é garantia de 50% de ter um serviço de qualidade sem grandes dores de cabeça.

Essa dica vale tanto para pessoas físicas quanto para grandes empresas e indústrias: ao buscar os serviços de uma firma terceirizada, todos os serviços acertados devem ser notificados em contrato assinado por ambas as partes, deixando bem esclarecido os valores, prazos para a realização das tarefas, prazo para a entrega final dos serviços e tudo mais que for relativo ao serviço prestado, inclusive com o número de funcionários e nomes de cada participante nas tarefas de inspeção elétrica, por exemplo.

Estas são apenas algumas sugestões que certamente ajudarão na seleção e contratação de eletricistas de confiança, seja por parte de pessoas leigas como, também, por parte de empresas e gestores de indústrias, que muitas vezes se vêem obrigados a contratar mão-de-obra especializada por tempo determinado. Contudo, mesmo que o trabalho seja por contrato, é importante que os funcionários destinados a desempenhar a tarefa sejam comprometidos e trabalham com base na segurança, o que evita problemas de acidentes de trabalho para eles e para as empresas contratantes.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Elétrica & Eletrônica
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Elétrica & Eletrônica