A extrusão de borracha é um tipo de processo aplicado em materiais de borracha natural e sintética para fabricar uma gama completa de produtos de vedação e impermeabilização. A borracha é um elastômero comumente aproveitado em praticamente todas as aplicações industriais, e sua resistência a torna uma opção particularmente eficaz para finalidades que envolvam a absorção de choque, selagem e transporte de fluidos. Apesar de existirem diferentes métodos de processamento de borracha, a extrusão de borracha continua sendo a escolha mais popular para muitos fabricantes de borracha extrudada, porque tem qualidades únicas de resistência, uniformidade e precisão com seu design linear.

A borracha extrudada permite uma grande diversidade de formas que atendam a toda e qualquer necessidade industrial, incluindo projetos de vedação com o intuito de reduzir bastante o custo do material, além de propiciar a criação de produtos flexíveis e leves. Geralmente, diferente formas de borracha extrudida são usados como amortecedores, buchas e bastões de borracha, guarnições, para amortecimento e absorção acústica em aplicações de peças automotivas, componentes eletrônicos e de embalagens. Outros produtos feitos a partir da extrusão da borracha incluem conectores e tubulação.

As indústrias automotivas, aeroespaciais, de eletrônicos e eletrodomésticos, indústrias farmacêuticas, de construção e de iluminação utilizam a borracha em processo de extrusão para fabricar seus produtos. Na construção civil, por exemplo, os projetos, muitas vezes, incluem uso de borrachas em extrusão para usar como amortecedores para vedar o ruído em janelas, portas, em dobradiças e até em portas de automóveis, como no caso da indústria automotiva. Além de diminuir bastante o ruído externo, a borracha também auxilia a manter a temperatura dentro do ambiente, agindo como um controlador térmico.

Processo de extrusão

Durante o processo de extrusão de borracha, o material é processado através de uma máquina de extrusão muito similar aos equipamentos utilizados na extrusão do plástico. A máquina extrusora de borracha é composta por uma esteira de corte aquecida, parafusos ou transportador de rosca dupla e um dado através do qual a borracha, plastificada e pressurizada, é espremida. O pré-aquecimento do material é opcional, dependendo da precisão do dado e das qualidades desejadas de força.

Existem dois principais componentes da extrusora de borrachas, sendo eles: um pequeno tambor aquecido, onde o material entra no cilindro, é amolecido por aquecimento e, em seguida, é espremido sob pressão mediante a rotação de um parafuso. Um dado: a pressão empurra a borracha através da matriz, localizada no final da extrusora. Após ser expelido, o material de borracha é tratado, usando vários métodos e máquinas, como banho de sal, autoclave, convecção, com ar quente, microondas e mandril.

Características dos tipos de borracha

A borracha é um suprimento que está disponível em muitas variedades de materiais, sendo que, cada qual, tem seu próprio conjunto de propriedades úteis. Por exemplo, a borracha natural apresenta maior resistência à abrasão e aos ácidos, enquanto as borrachas sintéticas, como o silicone, têm excelente resistência ao calor e aos produtos químicos. Já o Neoprene possui características de retardamento de chamas; o nitrilo é resistente a vários tipos de óleos e o butil conta com baixa permeabilidade ao ar e, portanto, é excelente em aplicações de selagem. Tais propriedades como resistência à tração, dureza, flexibilidade, permeabilidade e velocidade de recuperação da deformação varia em diferentes materiais e, portanto, deve ser ponderado.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Suprimentos Industriais
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Suprimentos Industriais