Análise de sistemas mecânicos usando termografia infravermelhaA termografia infravermelha é uma excelente ferramenta de monitoramento de condição que pode contribuir muito para a redução dos custos de manutenção em equipamentos mecânicos. A análise feita através de câmaras infravermelhas permite a monitoração de temperatura aplicando padrões térmicos, enquanto o equipamento está online e em plena carga de funcionamento.

A maioria dos equipamentos mecânicos possui limites admissíveis de temperatura que podem ser utilizados como diretrizes. Ao contrário de muitos outros métodos de ensaio, a imagiologia térmica infravermelha pode ser aplicada em uma ampla variedade de equipamentos, incluindo bombas, motores, mancais, roldanas, ventiladores, acionamentos, transportadores, entre outros. A seguir, explicaremos melhor os benefícios de imagiologia térmica infravermelha como uma ferramenta de monitoramento de condição análise de sistemas mecânicos.

Imagiologia térmica infravermelha é uma técnica de eletrônica que permite ver a energia térmica, literalmente. Profissionais que atuam no setor de manutenção industrial dentro das plantas têm reconhecido a técnica de imagiologia infravermelha térmica como uma das ferramentas mais versáteis que proporcionam condições de acompanhamento mais eficazes atualmente. A termografia infravermelha melhora a capacidade de uma empresa em termos de prevenção da falha do equipamento e deve ser incluído no plano de manutenção corretiva antes de uma paralisação dispendiosa à indústria por causa de danos aos equipamentos.

Todos os sistemas mecânicos geram energia térmica durante a operação normal, que permite imagiologia térmica infravermelha avaliar a condição de funcionamento deles. Um dos maiores problemas em sistemas mecânicos são as temperaturas excessivas. Este calor excessivo pode ser gerado por fricção, refrigeração ou outro problema. Uma quantidade excessiva de atrito pode ser causada pelo desgaste, desalinhamento ou em condições de lubrificação indevida.

Em aplicações mecânicas, a termografia infravermelha é mais útil para localizar uma área problemática e indicar qual a causa raiz do superaquecimento. O calor é geralmente produzido dentro de um componente que não é visível diretamente para a câmera. Esse calor deve realizar-se através do material e se apresentar como um padrão sobre a superfície do objeto para que a câmera infravermelha possa detectar isso. Outros procedimentos, tais como análise de vibração, análise de óleo e ultra-som podem ser empregados para determinar onde está o problema ou causa de falha.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Manutenção
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Manutenção