A Voith Siemens Hydro, divisão da Voith AG para a indústria de hidrogeração de energia, realizará a modernização completa das máquinas 1 a 3 da Usina Hidrelétrica de Callahuanca no Peru, negócio da ordem de US$ 12,5 milhões.

É a primeira vez que uma modernização deste porte é feita fora do Brasil pela subsidiária brasileira. Como conseqüência, a UHE Callahuanca terá um aumento substancial de potência. A usina tem 4 unidades geradoras compondo um total de 36 MW. Três unidades foram construídas em 1938 e, na sua atualização em 1958, recebeu mais uma unidade geradora com 35 MW. A UHE Callahuanca, atualmente, tem potência de 72,8 MW e utiliza quatro turbinas Pelton horizontais.

O escopo de trabalho da Voith Siemens inclui a reabilitação e modernização de novos componentes refere-se ao equipamento mecânico completo, válvulas inlet, turbinas injetoras, runner e bearings. Este trabalho é especialmente complexo pois muitos componentes ainda não foram desmontados e podem trazer surpresas em relação à real condição dos equipamentos. O maior desafio será durante a operação na planta porque cada unidade trabalhada será fechada por 90 dias apenas.

A Voith Siemens trabalha nesta obra com a Ferrostaal Peru, responsável pela administração de projeto no local incluindo supervisão da manufatura e serviços, expedição, pagamentos e contabilidade, logística de importação e transporte ao site. A Voith Siemens Hydro Peru SAC está sob o mesmo teto que a Ferrostaal.

Autor(es): Usinagem Brasil

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas