Vidros resistentes ao calorO vidro é um material considerado resistente ao calor e que é capaz de suportar altas temperaturas, além de mudanças bruscas de temperatura, sem quebrar ou rachar. Estas qualidades são obtidas através de tratamentos térmicos pós-concepção ou adicionando elementos que aumentam a resistência do vidro à temperatura. Os vidros resistentes ao calor são usados em aplicações industriais, na construção civil, ou mesmo na culinária e em aplicações laboratoriais onde as altas temperaturas provocariam rachaduras no vidro.

Em janelas, no fogão, em lareiras, em equipamentos de laboratório e utensílios de cozinha um dos principais suprimentos que fazem parte da constituição desses objetos. Borosilicato, soda-cal, cerâmica e quartzo são todos de vidro, considerados resistentes ao calor e capazes de passar por tratamentos térmicos. A marca Pyrex produz comuns utensílios de vidro que podem ser levados ao forno e ao fogão com toda a segurança.

O tipo de vidro que não quebra, quando exposto ao calor elevado ou à mudança rápida de temperatura, tem um coeficiente de expansão térmica. O vidro borossilicato, que é o padrão de vidro com óxido de boro, é naturalmente um material resistente ao calor, como é o vidro de quartzo, que é feito de silício puro. O vidro soda-cal torna-se resistente ao calor quando temperado. A têmpera é um processo deformação onde as formas de vidro são aquecidas. Isso faz com que as partes internas dos produtos de vidro tenham a tensão superficial elevada, resultando em um melhor equilíbrio de tensões no vidro.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Suprimentos Industriais
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Suprimentos Industriais