Vantagens em usar o sistema ERP em micro e pequenas empresasA grande maioria das pessoas já deve ter ouvido falar sobre todos os benefícios financeiros grandes empresas adquirem através da implantação de um sistema ERP (Enterprise Resource Planning), mas algumas pessoas nem imaginam que as pequenas empresas também podem tirar proveito de um software ERP em prol do crescimento da empresa. Obviamente que a aquisição e a implantação de um sistema desse porte requer o treinamento adequado dos funcionários. Contudo, os custos iniciais investidos pela micro empresa terão um bom retorno em médio e longo prazos. A seguir, explicaremos em mais detalhes o que é um ERP e quais benéficos oferece para as grandes corporação e para os pequenos negócios.

O que é um ERP?

Um ERP é um software que integra todos os processos de uma empresa, com módulos que englobam o departamento de marketing, fiscal, de compras, financeiro, gestão de projetos, CRM, gestão de relacionamento com o cliente, faturamento de materiais, manufatura, controle de qualidade, gestão de fluxo de trabalho, Recursos Humanos, engenharia de produção, estoques de materiais ou produtos, processamento de pedidos e outros.

Em vez de formar um banco de dados com informações de todos os departamentos em diferentes sistemas, a tecnologia do sistema ERP centraliza todas as informações essenciais em um banco de dados em tempo real, otimizando todo o processo de produção da companhia. Todos os colaboradores podem ter acesso às últimas informações instantaneamente e, portanto, proporcionando um planejamento mais consistente, detalhado e dinâmico. Através de um ERP é possível formatar relatórios de análise e de previsões de modo mais seguro, rápido e eficaz.

Principais benefícios do uso do sistema ERP

Entre as principais vantagens que o software de gerenciamento de dados disponibiliza aos seus funcionários estão alguns aspectos que podem fazer a diferença entre alcançar o sucesso e o fracasso de produção. A primeira delas é a obtenção de informações financeiras e contábeis é atualizadas em tempo real, incluindo a plotagem de receita, lucro real e custo.
O ERP faz com que seja fácil detalhar cada etapa da produção na cadeia de suprimentos, especialmente quando as empresas trabalham com o sistema JIT – Just-in-Time. Nesse caso, o nível de estoque precisa ser muito bem controlado, bem como as novas encomendas e pagamentos de compras.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Tecnologia & Inovação
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Tecnologia & Inovação