Programa de manutenção preventivaUm programa de manutenção preventiva é uma forma sistemática de verificação e reparação de uma máquina, veículo ou peça de equipamento. Especialistas limpam e inspecionam as peças a fim de evitar a necessidade de grandes reparações no futuro. Com simples ações como o de apertar parafusos e substituir peças que mostram sinais de desgaste uma máquina pode ter sua vida útil prolongada, diminuindo custos com trocas de equipamentos e garantindo uma produção contínua.

Ao projetar um programa de manutenção preventiva, um especialista irá considerar todos os possíveis defeitos que poderiam afetar o sistema. Com base em programas simulados de computador e testes de protótipos físicos, a equipe de pesquisa e desenvolvimento registra todos os dados sobre quando e como a máquina deve ser mantida. Os profissionais anotam as peças que podem ser particularmente propensas ao desgaste e a apresentar problemas comuns que podem reduzir a eficiência de uma máquina ao longo do tempo. Uma boa pesquisa de programa de manutenção preventiva explica como detectar e corrigir pequenas falhas antes que elas resultem em problemas maiores.

Um planejamento de manutenção preventiva é geralmente descrita em um manual de instruções ou checklist, feitos pelos engenheiros, gestores ou supervisores. Geralmente, o primeiro passo descrito nos programas é a limpeza completa na parte externa e interna de uma máquina. A remoção de poeira e óleo garante que os respiradouros, as câmaras de pistão e as peças não fiquem obstruídas. Dependendo do tipo de máquina ou equipamento, também é necessário elaborar um planejamento de lubrificação de todas as peças do equipamento industrial.

O importante é assegurar que as máquinas e demais equipamentos como bombas, motores, válvulas, caldeiras, tornos e outros sejam mantidos em bom estado de funcionamento com o intuito de reduz custos, melhorar a eficiência da produção e preservar a segurança do operador. O trabalho de reparo de forma constante pode sair caro para as empresas, mas na medida em que se aplica a manutenção preventiva torna-se mais fácil manter as máquinas em ordem com redução de custos. Além disso, a limpeza periódica de um sistema como uma unidade de ventilação pode melhorar muito o fluxo de entrada e saída de ar. A maioria dos fabricantes reconhece que os custos diretos com pessoal especialista em manutenção preventiva são muito inferiores aos custos de reparo e os riscos potenciais de segurança colocados pelos equipamentos mais antigos.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Manutenção
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Manutenção