Tocha de soldagemA tocha de soldagem é um instrumento mecânico que combina uma chama aberta com gás combustível e oxigênio para fundir duas partes de metal, criando uma costura fina e precisa. Na indústria metalomecânica esta tocha é usada para muitos fins e em muitas indústrias. Duas das variedades mais comuns são o gás metal inerte (MIG) e gás inerte de tungstênio (TIG).

A tocha de solda consiste de um metal em forma de haste longa, que geralmente é dobrada em um ângulo a fim de permitir que o soldador direcione a tocha adequadamente. A haste de metal é composta de duas condutas de gás combustível e oxigênio. A tocha de soldagem é ligada a uma fonte de combustível por mangueiras e o soldador pode misturar o combustível e o oxigênio. Quando o combustível e o oxigênio são inflamados, eles criam uma pequena chama azul.

A chama chega uma temperatura quente o bastante para derreter metais tão diversos como estanho, o alumínio e o aço. A tocha para soldagem é colocada entre dois pedaços de metal e cria faíscas enquanto esquenta os metais até chegar ao ponto de fusão. A tocha de soldagem leva apenas alguns segundos para começar a ligar os dois metais. A chama é movida ao longo da superfície de ambos os metais, derretendo-os para formar uma ligação forte e eficaz.

A tocha de soldagem MIG é o tipo mais comum e usa o oxigênio, gás e fogo para unir dois metais. A tocha para solda TIG, por outro lado, utiliza o mesmo processo de aquecimento para juntar os metais, mas centra-se na utilização de eletrodos de tungstênio, a fim de fazer a solda. Isso beneficia o soldador porque a tocha cria seu próprio escudo de gás, reduzindo a projeção de metais quentes.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Metal Mecânica
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Metal Mecânica