Soldagem subaquática no setor de metal mecânicaA soldagem subaquática é um tipo de solda muito importante no setor de metal mecânica, especialmente para setor offshore instalação de plataformas offshore e na manutenção de estruturas metálicas que ficam embaixo da água. Cabe ressaltar que um grande número de diferentes técnicas de soldadura pode ser aplicado na solda subaquática, sendo a solda a arco um dos métodos mais comuns de soldagem.

Existem inúmeras aplicações para as competências de solda submarina, incluindo a reparação de navios que estejam em alto mar. Contudo, para realizar esse trabalho com qualidade, precisão e segurança é necessário que o soldador destinado à realização desse tipo de tarefa esteja bem preparado e qualificado para poder soldar o metal a muitos metros debaixo d’água, onde as condições de visibilidade são muitas vezes bem precárias.
-----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------

Na soldagem submarina, além de o soldador usar vestes específicas de mergulho para proteger seu corpo, o tipo de máquina de solda empregado também é bem diferenciado, sendo produzido para suportar a pressão da água do mar. Este equipamento é projetado para ser o mais seguro possível para o soldador, reduzindo o risco de choque elétrico e para o desenvolvimento de situações de perigo.

Para algumas situações de soldagem, um mergulhador pode criar uma câmara de secagem em torno de objetos que estão sendo soldados. Este tipo de solda é conhecido como soldagem hiperbárica. Os soldadores que realizam a solda hiperbárica são profissionais providos de habilidades de mergulho e com conhecimentos especializados de solda em alta pressão.

Soldador subaquático

A fim de prosseguir uma carreira de soldagem subaquática, o profissional recebe treinamento de mergulho e formação como soldador. Alguns soldadores subaquáticos já possuem experiência e competências como soldadores e, em seguida, prosseguem com o curso de mergulho a fim de obterem a certificação. Outros fazem o caminho inverso: começam como mergulhadores profissionais e depois decidem expandir sua carreira na área de soldagem. Em ambos os casos, o treinamento inclui longas jornadas de aulas teóricas e práticas, com discussões sobre procedimentos de segurança e demais assuntos envolvidos diretamente no trabalho do soldador subaquático.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Metal Mecânica
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Metal Mecânica