Planejamento de capacidade na manutençãoO planejamento da capacidade é uma estratégia usada para identificar a quantidade de produção necessária a fim de satisfazer a demanda por bens e serviços produzidos por uma empresa. A idéia é equilibrar a aquisição de recursos, a manutenção das instalações de produção, a contratação de trabalho e o resultado final para que os consumidores tenham uma fonte constante dos produtos que desejam. Ao mesmo tempo, o termo “planejamento de capacidade em manutenção” também pretende aumentar os lucros, eliminando o desperdício, incluindo a superprodução de qualquer bem ou serviço.

O atual processo de plano de capacidade de produção pode variar um pouco de uma indústria para a próxima. Embora existam fatores únicos em cada indústria que ajudam a moldar a abordagem para um planejamento eficaz, existem alguns elementos básicos, que tendem a dar bons resultados em qualquer situação. Muitas delas têm a ver com o ajustamento da quantidade de produção baseado na demanda prevista para os produtos, tanto no período presente como nos períodos de produção futura.

Uma fórmula simples para a elaboração de um planejamento de capacidade na manutenção e na produção bastante eficaz em situações de fabricação envolve a identificação do número de máquinas utilizadas no processo de produção, juntamente com o trabalho necessário para operar cada uma delas. Esse valor é então multiplicado pelo número de turnos de trabalho que a unidade opera em uma base contínua. Por exemplo, se a ideia foi determinar o planejamento de capacidade por dia, a planta opera com base em turnos de oito horas, sendo que são considerados três turnos. Fatores como a utilização de matérias-primas e a taxa de eficiência do processo de produção também terão impacto no processo de planejamento de capacidade total.

Com a maioria das tentativas de planejamento de capacidade, várias abordagens serão tomadas para maximizar a eficiência do processo de produção. Uma abordagem é conhecida como a estratégia principal. Este é simplesmente o processo de adição de capacidade, porque há indicadores prevendo que a demanda vai aumentar dentro de um prazo determinado. A ideia aqui é se preparar para o aumento da demanda por produtos manufaturados que podem ser armazenados e utilizados para atender uma demanda ainda maior. Se o aumento previsto da demanda não se concretizar, o estoque se eleva e isso implica mais custo operacional para as plantas industriais.

Outra abordagem para o planejamento de capacidade é conhecida como estratégia de liderança. Aqui a intuito é atender à crescente demanda somente quando ela existe, em vez de produzir com antecedência. Também conhecido como o modo Just In Time, isto pode ser feito por meio de operação de mais máquinas, ou com expansão dos esforços de produção de cinco dias por semana para funcionamento aos sábados e domingos também. Embora a possibilidade de acumular grandes estoques seja reduzida, existe a possibilidade de perder clientes para a concorrência, se a produção não conseguir atender a demanda da forma adequada.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Manutenção
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Manutenção