Válvula térmica: utilidades na indústriaA válvula térmica funciona com base na mudança de temperatura, normalmente usada para evitar que as máquinas quebrem ao lidar com a alta pressão alta de líquidos correntes. Existem dois tipos de válvulas térmicas, a válvula térmica industrial de expansão e a de relevo. Ambos os tipos de válvula industrial térmica executam tarefas semelhantes, mas, mas de modos diferentes. As válvulas térmicas são encontradas em utensílios domésticos todos os dias que vão desde panelas de pressão, geladeiras e condicionadores de ar até máquinas industriais mais complexas.

O modelo de válvula expansão é a variedade mais comum desse suprimento térmico. É responsável pelo fluxo de líquido de arrefecimento na refrigeração do ar condicionado. A válvula abre e fecha em função da temperatura da máquina em que está instalado, permitindo que apenas uma quantidade específica de líquido refrigerante passe. A chave para o sucesso da válvula de expansão térmica é a sua lâmpada que funciona como um sensor de temperatura.

Uma lâmpada de sensor de temperatura é uma pequena lâmpada cheia de gás diretamente conectada à válvula térmica. O sensor percebe as mudanças na temperatura e ajusta a válvula em conformidade com o nível de calor ou de frio. Quando a temperatura diminui, a válvula se fecha, permitindo que menos líquido resfrie o aparelho. Quando o aparelho aquece, a válvula abre e ocorre o envio de mais de arrefecimento, a fim de reduzir a temperatura.

As válvulas de expansão industriais também são conhecidas por ajudar a aumentar a eficiência de um equipamento. Esta unidade é ajustada automaticamente para se manter a uma temperatura específica, por isso há pouco desperdício de energia de arrefecimento. A válvula mantém a unidade a uma temperatura constante, para uma geladeira gastar menos energia, por exemplo.

Outro tipo comum de válvula térmica é a válvula de alívio, que oferece uma operação mais simples do que a válvula de expansão. No caso de uma válvula de alívio térmico, ela restringe a passagem de vapor de gás quente para evitar o acúmulo de pressão. Um dos primeiros exemplos desta válvula vem de 1600 a.C. e da invenção da panela de pressão, que tem uma válvula de liberação de gás embutido na tampa.

A válvula térmica instalada na panela de pressão tem uma mola, em vez de uma lâmpada, como seu elemento sensível, que controla a abertura e fechamento. Quando a pressão na válvula fica muito grande, a mola é pressionada para baixo e abre a válvula de escape de vapor até que a pressão abaixe e fique num nível aceitável. Esta liberação de gás garante que as máquinas de alta pressão, como uma caldeira ou um sistema de aquecimento, possam operar com segurança, mantendo-os longe de riscos de explosão.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Suprimentos Industriais
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Suprimentos Industriais