BP tenta conter vazamento de petróleo com novo sinoA petrolífera britânica British Petroleum Exploration, a BP, tenta conter o vazamento de petróleo no Golfo do México com a instalação de um novo sino de contenção. Desta vez, a empresa espera obter sucesso na interrupção do vazamento de petróleo em seu poço de exploração localizado no Golfo do México. A BP afirmou na noite do último dia 12 de julho que a contenção do óleo vem dando certo e logo em seguida divulgou as imagens do tubo. De acordo com a companhia de petróleo, o novo sino deve controlar totalmente o vazamento de óleo.

Por meio um comunicado enviado às agências internacionais, a empresa petrolífera afirmou que foi instalado um contêiner de 40 toneladas em uma profundidade de uma milha (1,6 km) às 19h locais (21 h de Brasília). Para relembrar o caso, o vazamento teve início no dia 20 de abril, com a explosão da plataforma "Deepwater Horizon". O acidente resultou na morte de onze pessoas e foi considerado um dos piores desastres ambientais em toda a história dos Estados Unidos.

O duto instalado anteriormente já foi retirado no último sábado, data em que o óleo continuava a se espalhar por todo o mar do Golfo. O novo equipamento se adaptou à tubulação de onde vazava óleo. A companhia deseja canalizar todo o material, que deve ser levado para os barcos na superfície.

Na terça-feira, a companhia fará um teste na parte da manhã, quando fechará algumas das válvulas do novo duto a fim de mensurar a pressão do poço com vazamento. A BP dará continuidade à exploração de dois poços alternativos para vedar definitivamente o poço que apresentou falhas.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás