Dois profissionais de reconhecido talento, competência e liderança na comunidade minerometalúrgica, os engenheiros José Armando de Figueiredo Campos e Omar Silva Júnior, serão homenageados, no próximo dia 26, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, durante sessão solene de abertura do 65º Congresso Internacional da ABMAssociação Brasileira de Metalurgia, Materiais e Mineração.

Presidente do Conselho de Administração da ArcelorMittal Brasil, José Armando receberá a Medalha de Mérito ABM, honraria que é concedida alternadamente, a cada ano, a pessoas físicas e jurídicas que tenham contribuído de maneira relevante para o desenvolvimento da mineração, metalurgia e ciência dos materiais no País e à própria ABM.

Vice-presidente Industrial da Usiminas, Omar Silva Júnior, subirá ao palco para receber a Medalha ABM Vicente Falconi, por sua destacada atuação na área de gestão empresarial.

“Com estas medalhas estamos reconhecendo e premiando o espírito empreendedor, a visão de futuro e a excelência na gestão nas organizações dos setores minerometalúrgico e de materiais”, observa o diretor-executivo da ABM, Horacídio Leal Barbosa Filho.

José Armando nasceu em Belo Horizonte (MG), tendo se formado engenheiro em 1972 pela Escola Federal de Minas e Metalurgia da Universidade Federal de Ouro Preto. Começou a trabalhar na Vale em 1974, na Superintendência das Minas, em Minas Gerais.

A partir de 1987, assumiu a gerência geral de estudos técnicos da Superintendência de Estudos e Projetos da empresa no Rio de Janeiro, tendo coordenado o estudo de viabilidade de novos projetos para a Vale, com ênfase especial no desenvolvimento de novos negócios nas áreas de metalurgia e siderurgia.

Em 1991, o engenheiro passou a ocupar a gerência geral de siderurgia, com a função de estruturar e coordenar a participação da companhia nas diversas empresas do setor de metalurgia e siderurgia. Ao longo desses 18 anos de atividades, participou de muitas missões técnicas internacionais que o fizeram conhecer em profundidade a indústria siderúrgica mundial, principalmente as usinas do Japão e da Europa.

Em 1992, foi convidado para comandar a recém-privatizada CST (hoje ArcelorMittal Tubarão), respondendo pelo processo de reestruturação e de crescimento da empresa que a transformou num dos principais ícones da economia capixaba, modelo de empresa privada e referência mundial em siderurgia.

José Armando, dentre muitas funções de representação nacional e internacional, foi presidente do IBS, atual IABr - Instituto Aço Brasil e do Ilafa - Instituto Latinoamericano Del Fierro y el Acero e diretor do IISI – International Iron and Steel Institute.

Em 29 de julho de 2005, foi nomeado presidente do maior grupo siderúrgico da América Latina, a Arcelor Brasil, acumulando a função de diretor de Divisão de Planos. Nesse mesmo ano assumiu a vice-presidência da ABM, que ocupou até 2007. Associado desde 1984, foi presidente no biênio 2007/2009. Há um ano responde pela presidência do Conselho de Administração da ArcelorMittal Brasil.

Natural de Araxá, Minas Gerais, Omar Silva Júnior fez carreira profissional na Usiminas, onde ingressou em 1972, após graduar-se em Engenharia pelo Instituto Politécnico da Universidade Católica de Minas Gerais. Participou de estágios técnicos na Nippon Steel nos anos de 1976, 1979 e 1993, período em que escreveu vários trabalhos técnicos, publicados pela ABM. Associados desde 1974, ocupou na Entidade o cargo de diretor entre 1998 e 1999, tendo sido presidente no biênio 2000/2002 e conselheiro no biênio 2002/2004.

Na Usiminas ocupou vários cargos gerenciais como, superintendente do Departamento de Laminação a Frio, Departamento de Laminação a Quente e Chapas Grossas, chegando em novembro de 1991, à Chefe de Produção da Usina Intendente Câmara, em Ipatinga (MG).

Em setembro de 1993 tornou-se o primeiro Diretor Industrial da Cosipa após a privatização. Adotando modelos avançados de gestão, ocupou o cargo até 30 de novembro de 1997, passando a responder pela presidência da empresa entre 01 de dezembro de 1997 a 29 de abril de 2005, quando tornou-se diretor Industrial da Usiminas e da Cosipa.

Em novembro de 2008, com a incorporação da Cosipa pela Usiminas, assumiu a vice-presidência Industrial, respondendo pelas usinas de Cubatão e Ipatinga, com destacado papel no desenvolvimento da empresa, maior complexo siderúrgico de aços planos da América Latina.

O 65º Congresso Internacional da ABM será realizado de 26 a 30 de julho, no Interncontinental Hotel, no Rio de Janeiro, com a presença de aproximadamente 1500 profissionais da indústria e da academia do Brasil e do exterior.

Detalhes da programação no endereço: http://www.abmbrasil.com.br/congresso/2010/

Serviço de Imprensa da Associação Brasileira de Metalurgia, Materiais e Mineração

Maria Izilda Ferreira Bueno (Mtb 12.995)

Fatma Menezello Thorlay Gomes (Mtb 10.738)

Wellington Costa (Mtb 31697)

Andressa Gonzalez (Mtb 56028)

Fone: (11) 5534-4333 ramais 125 / 150 / 137 / 191

www.abmbrasil.com.br

Autor(es): Assessoria de Imprensa

facebook      twitter      google+

Feiras & Eventos
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Feiras & Eventos