Conversão de biomassa em forma de energiaNos últimos tempos, a biomassa é uma das fontes de energia renovável que está se tornando cada vez mais popular. Uma das razões para isso é o grande número de fontes de energia de biomassa, gerada a partir de materiais como a madeira, lixo, resíduos, gases de aterro e álcool combustível.

Ao falar sobre a conversão de biomassa em forma de energia útil, é importante explicar que as tecnologias de conversão podem produzir a energia diretamente sob a forma de calor ou eletricidade, ou ainda, converter a biomassa para outra forma, como os biocombustíveis líquidos.

Existem três processos básicos de conversão para transformar a biomassa em energia: conversão térmica de biomassa, transformação química da biomassa e conversão bioquímica da biomassa. A conversão térmica, como o nome sugere, é a utilização do calor durante o processo de conversão térmica da biomassa, capaz de produzir energia em forma de eletricidade.

Já a conversão química utiliza processos químicos diferentes na transformação da biomassa em energia. O processo de mutação da biomassa em energia acontece da seguinte forma: a conversão bioquímica da biomassa faz uso de enzimas de bactérias e outros micro-organismos para quebrar a biomassa através de processos como a digestão anaeróbia, fermentação e transesterificação.

A ciência está constantemente à procura de novos métodos para tornar esses processos de conversão de energia mais eficientes. Atualmente, a biomassa representa cerca de 4% da energia utilizada em países como os Estados Unidos, com a madeira sendo a principal fonte dominante de geração de energia de biomassa. Nos próximos anos esta percentagem deve ser significativamente maior. Pelo menos é o que muitos especialistas em energia estão prevendo.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Energia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Energia