Minas pode perder para o Rio de Janeiro a nova planta de pelotização da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN). A empresa, que tem a mineradora Casa de Pedra, em Congonhas (Campo das Vertentes), já recebeu proposta do governo carioca para construir a pelotizadora em Itaguaí (RJ), próximo ao porto de Sepetiba. A unidade está orçada em cerca de US$ 340 milhões.

O secretário Estado de Desenvolvimento Econômico, Wilson Nélio Brumer, disse que foi informado pela companhia que a possibilidade de o empreendimento ir para o Rio existe, caso a empresa decida produzir para o mercado internacional. Se, ao contrário, a produção for voltada para o mercado interno, a planta será instalada em Minas, no entorno da mina Casa de Pedra. A confirmação depende, principalmente, de avaliação de contratos de minério.

Autor(es): Diário do Comércio

facebook      twitter      google+

Máquinas & Equipamentos
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Máquinas & Equipamentos