A companhia petrolífera norueguesa Statoil identificou 900 MMboe de volumes recuperáveis no campo de Snorre, no Mar do Norte norueguês, na sequência de uma extensa pesquisa, sugerindo um provável período de mais 30 anos de produção de petróleo. Torstein Hole, vice-presidente sênior de Operações West, alegou: "Há petróleo suficiente para a produção no campo de Snorre até o ano de 2040. A questão é se devemos renovar nossas plataformas existentes ou construir uma nova plataforma”.

No último semestre, a Statoil optou por realizar estudos de conceitos potenciais, a fim de tomar uma decisão durante o ano 2011. As atividades em Snorre atualmente são intensas, com o objetivo de garantir a máxima utilização dos recursos nos próximos anos. Os parceiros também decidiram investir US$ 287 milhões em um novo oleoduto entre as plataformas de Snorre A e Snorre B. Isso permitirá que o petróleo contido na plataforma Snorre

A possa ser transferido para Statfjord B para armazenamento e exportação, a partir de 2012. O acordo atual, em que o óleo é canalizado da plataforma Snorre para Statfjord A, para armazenagem e exportação, não será possível a partir de 2012 caso a produção cesse em Statfjord A. A Statoil acrescenta que a Snorre A e a B constituem plataformas com a quarta maior produção total de petróleo na plataforma continental norueguesa. Snorre é o próprio campo com a segunda maior reserva atualmente, com reservas estimadas em 1,5 Bbbl.


Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás