Deepwater Horizon: remoção do BOP depende de condições do climaEnquanto as más condições climáticas ainda colocam um obstáculo na remoção efetiva do BOP (Blow Out Preventer), conjunto de válvulas de controle, para conter o vazamento de petróleo na base offshore de Macondo, com licença de operação concedida à British Petroleum, no Golfo do México, os preparativos estão em curso para realizar essa remoção assim que o tempo melhorar.

O comandante da guarda costeira dos Estados Unidos, o almirante Thad Allen, disse que os planos são de remover o BOP até o meio-dia de quinta-feira, 2 de setembro, usando o navio de perfuração em águas profundas, Discoverer Enterprise, e depois o equipamento Q4000 para se conectar ao BOP e aguardar uma melhora no tempo que permita a recuperação do pavimento. A segunda etapa é mover o BOP e substituí-lo em seguida.

Allen afirmou também que o Comando de Incidentes tem a expectativa que de haja uma melhora significativa do clima na região entre as próximas 24 a 36 horas ou, talvez, até domingo, 05 de setembro. Isso daria tempo suficiente para retirar o BOP instalado hoje e substituí-lo.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás