Logística: Uso do Scorecard na cadeia de suprimentosO sistema de scorecard, dentro da cadeia de suprimentos, foi implementado por algumas empresas para ajudá-las a medir o aspecto logístico da aquisição de matérias-primas até a distribuição final de produtos no mercado. Esta ferramenta é de grande importância para as empresas que pertencem ao setor de logística. E deve ser usado para mensurar o desempenho das diferentes atividades envolvidas na cadeia de abastecimento.

A cadeia de abastecimento é um sistema que envolve a distribuição de um produto ou serviço do fornecedor até o consumidor final ou cliente. O supply chain também refere-se à rede de abastecimento onde se inclui não só as organizações, mas tecnologias, recursos, atividades, informações, métodos e pessoas também. As atividades envolvidas na cadeia de abastecimento convertem matérias-primas em produtos acabados para distribuição ao consumidor final. Assim, o sistema logístico envolve um processo de transformação e transporte de mercadorias a partir do fornecedor com destino ao cliente. Ela começa com a aquisição de matérias-primas e componentes para a entrega dos produtos acabados ao mercado.

Determinar o desempenho da cadeia de fornecimento implicará uma grande transformação. Isso ocorre porque a empresa deve atuar desde a obtenção matéria-prima. A etapa de entrega também está envolvida no processo, desde a compra de matérias-primas, passando pelo processo de fabricação e distribuição dos bens finais para os mercados A cadeia de abastecimento é de fato uma rede de processos inerentes aos negócios.

Para medir o desempenho da cadeia de abastecimento, várias métricas podem ser usadas. Utulizar os KPI’s ou indicadores-chave de desempenho pode ser útil para avaliar os aspectos quantitativos da rede de abastecimento. Essas métricas podem incluir o inventário mensal de suprimentos, estoques de matérias-primas, o processo de fabricação e produtos acabados em armazém, além de tempo de transporte de um local a outro, defeitos em peças por milhão de oportunidades, fretes, reclamações e pedidos de clientes.

Os principais indicadores de desempenho na cadeia de suprimentos podem ser integrados no desenvolvimento de scorecards na cadeia de abastecimento. Como regra para o desenvolvimento do balanced scorecard, os elementos encontrados nos scorecards, normalmente, resumem os detalhes de desempenho em particular para obter o desempenho total. Na cadeia de abastecimento, as métricas de desempenho levam em conta aspectos, tais como fabricação, armazenamento e transporte.

O balanced scorecard na gestão da cadeia de suprimentos é essencial como ferramenta de gerenciamento na logística, visando encontrar soluções para determinados problemas encontrados dentro da rede de abastecimento. Caso os resultados encontrados no scorecard fiquem abaixo do nível satisfatório estabelecido pela organização, os gestores podem fazer uso dos dados coletados e analisados posteriormente para tomadas de decisão. O quadro de medição de desempenho da cadeia de suprimento também pode ser utilizado na criação de planejamento logístico para o período seguinte.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Armazenagem & Logística
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Armazenagem & Logística