RIO DE JANEIRO – A companhia petrolífera Petróleo Brasileiro SA (Petrobras) batizada com o nome de P-57 a embarcação de explotação e armazenamento offshore (FPSO) destinada ao campo de Jubarte, localizada na Bacia de Campos, na costa brasileira. Campos. A Petrobras afirma que o campo vai entrar em produção ainda este ano com 15 poços produtores e sete injetores.

A P-57 é o primeiro produto de um esforço da Petrobras para agilizar projetos offshore e padronizar equipamentos. Será considerado o modelo para futuras instalações, tais como a P-58 e P-62 no cluster da região do pré-sal, na Bacia de Santos.

A FPSO P-57 faz parte da segunda fase de desenvolvimento do campo de Jubarte. A embarcação offshore vai ancorar em 1.260 metros de profundidade em águas profundas e possui capacidade para processar até 180 mil b / d de óleo de 17 º API e 2 MMcm / d (70,63 MMcf / d) de gás natural. O óleo produzido volta para a terra por navios petroleiros e de transporte de gás através do gasoduto ligado à Unidade de Tratamento de Gás Sul Capixaba.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás