Google
Matérias, artigos e empresas relacionados a Manutenção e Suprimentos para a indústria
Esqueci minha senha

Lubrificantes de vidro são usados em processo de forjamento

Os lubrificantes de vidro são bastante usados em métodos de forja, que requerem altas temperaturas.

Mais notícias relacionadas a suprimentos industriais:

Nanopartículas de óxido de zinco
Partículas individuais de óxido de zinco têm tamanho reduzido, que pode chegar a até 20 ...


Diferenças entre resinas e polímeros
Polímeros passam por um processo especial, chamado polimerização; já as resinas apresentam capacidade de serem ...


Titânio em pó
O processo de transformar o metal em pó não deixa resíduos e mantém a durabilidade ...


Lubrificantes de vidro são usados em processo de forjamentoO forjamento é um método utilizado para alterar as propriedades físicas de um metal ou uma liga de metais. Com o uso da força de compressão, de temperatura adequada e de prensas oi martelos, um metal pode ser moldado na forma desejada. Para ajudar no bom trabalhos das ferramentas de forja, alguns tipos de lubrificantes de vidro são usados em processo de forjamento. O forjamento é dividido em forjamento a frio ou forjamento a quente, de acordo com a temperatura aplicada nos metais. As peças de trabalho de metal são deformadas com a ajuda de aquecimento, prensagem ou martelamento. Geralmente, dispositivos como martelos e bigornas são utilizados como insrumentos de forja a fim de facilitar o acabamento minucioso e precisa do processo de forjamento.

Alguns parâmetros precisam ser considerados antes da seleção dos lubrificantes para o processo de forjamento de metais na indústria. Os lubrificantes para equipamentos de forja, como as prensas, são selecionados com muito cuidado, a fim de assegurar a realização regular e eficaz do processo de forjamento. Entre esses parâmetros estão o método apropriado de lubrificação, a escolha certada do tipo de lubrificante para a máquina de forja, a temperatura ideal de forjamento, os equipamentos essenciais para o forjamento, o nível de dificuldade ou complexidade do processo de forja e a temperatura de fusão. O grafite lubrificante à base de água pode ser empregado com sucesso em aplicações que exigem altas temperaturas de forjamento de ligas de aço e carbono. Os lubrificantes de vidro para forja são outra opção atualmente. Além destes, existem vários outros tipos de lubrificantes sintéticos e biodegradáveis que são cada vez mais utilizados nas plantas industriais para inúmeras finalidades.

O vidro é considerado um dos lubrificantes de forja mais eficazes e que são, essencialmente, utilizados na forma de revestimento, a fim de alcançar os resultados desejados. Os vidros de borosilicato são um exemplo de suprimento bastante aproveitado no processo de forjamento, pois é um material perfeitamente capaz de ser trabalhado e, temperaturas que vão dos 1.095 oC até 1.315 oC. O vidro como lubrificante de forjamento é trabalhado a altas temperaturas para permitir que vidros lubrificantes se derretam e formem soluções viscosas, que são essencialmente importantes na forja de metais.

Além do vidro, há inúmeros outros lubrificantes que estão sendo usados extensivamente para o processo de forjamento em diversos setores. Alguns dos lubrificantes essenciais incluem, principalmente, o grafite lubrificante e lubrificantes sintéticos. Estes são efetivamente aproveitados como lubrificantes para a indústria aeronáutica, válvulas e acessórios, para veículos, instrumentos industriais ou em equipamentos para aplicações petroquímicas.

O processo de forjamento pode ser bastante desafiador e exigente, uma vez que envolve várias tarefas complexas. O uso de temperaturas extremamente altas para efeitos de aquecimento de metais envolve uma quantidade considerável de riscos e perigos para quem está executando a técnica de forjamento. Portanto, é essencial a adoção de medidas de precaução adequadas para que o trabalho de forma seja seguro para quem o executa e também para os demais operários no chão de fábrica. É sempre importante lembrar que o uso de equipamentos de proteção individual é obrigatório, de acordo com a norma regulamentadora NR-6.


Editora

facebook      twitter      google+

* campos obrigatórios

Outras notícias relacionadas a suprimentos industriais:

O que é velcro industrial

O velcro® de força industrial é uma marca de prendedores feitos pela Velcro Industries. Essa versão do produto já conhecido da marca foi concebida para aplicações mais pesadas ...
Plástico resistente ao calor

Plástico resistente ao calor é um corpo de material composto de substâncias químicas sintéticas, usualmente polímeros, os quais criam uma variedade de propriedades físicas. Átomos ...
Tipos de pó inseticida

Pó inseticida é usado para matar vários tipos de insetos ao ar livre e dentro de ambientes. No interior de edifícios, o pó é aplicado ao longo das rachaduras perto ...
Para que são usados os inseticidas

Inseticidas são de uso comum na agricultura, bem como em plantas em jardins e espaços vivos, com o intuito de controlar a invasão de uma matriz aparentemente ...
Usos do naftaleno

O naftaleno, ou naftalina, é um produto químico utilizado para fazer inseticidas, lubrificantes, resinas, solventes muitos outros produtos de consumo comerciais. Este pó sólido branco é mais conhecido como naftalina ...
Usos da DMDM-hidantoina

Dimetilol dimetil-hidantoína (DMDM-hidantoína), é um ingrediente conservante comum encontrado em produtos cosméticos, na produção de materiais de construção e em artigos domésticos. O composto qu ...
Produção de formaldeído

Compostos orgânicos, simples ou complexo, podem ser produzidos de várias maneiras. Apenas os de melhor custo-benefício podem ser utilizados para a produção comercial. A produção ...

Suprimentos Industriais
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Suprimentos Industriais


Veja na Agenda de Feiras e Congressos
Veja na Agenda de Feiras e Congressos

Google