Elevar o nível de competividade em licitações com as demais empresas do setor de petróleo e gás, especialmente após a entrada de novas companhias no ramo. Esse é um dos objetivos da construção do Polo Naval que será inaugurado hoje, 21 de outubro, pela Petrobras no Rio Grande, Rio Grande do Sul. A inauguração do Polo Naval da Petrobras em Rio Grande, RS, terá como destaque presença do presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva. O Polo Naval, que começou a ser construído em 2006, conta com uma infraestrutura de 430 mil m2 para construção, manutenção e reparos de plataformas flutuantes de perfuração, de apoio e de outras unidades marítimas offshore para a indústria petrolífera. A novo polo irá facilitar a redução nos preços e nos prazos em projetos futuros, o que tornará a Petrobras uma concorrente ainda mais forte.

Durante a construção do Polo Naval da Petrobras, a obra propiciou aproximadamente 1.400 empregos diretos. A instalação possui 42 metros de comprimento de cais do norte, dique seco com capacidade de pórtico de 600 toneladas, 350 metros de comprimento do cais do sul, capacidade de oficina de estruturas de 1.000 toneladas por mês, 20.000 m2 de área de oficinas e capacidade da oficina de tubulação de 4.000 spools por mês. O dique seco, principal instalação da unidade, constitui-se de 350 metros de comprimento, 17,1 metros de altura e 130 metros de largura, além de uma área capaz de comportar até cinco mil trabalhadores, especialmente mão de obra especializada em offshore.

Considerado um dos maiores do mundo, o dique seco do polo comporta a construção, reparos, conversões e docagem de duas plataformas ou de dois navios petroleiros paralelamente. O Polo Naval abrange cabines climatizadas para pintura, oficinas de processamento de aço, ambiente para montagem de equipamentos e demais estruturas, tubulações, sistemas elétricos, de gases industriais, sistemas de coleta e tratamento de efluentes, sistemas de ar comprimido, equipamentos para movimentação de carga e mais dois cais de atracação destinados a serviços de acabamento.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás