A companhia petrolífera Total mostra interesse exploração em águas profundas na Costa do Marfima, por isso certou contrato com a Yam para adquirir participação de 60% da licença-100, que fica localizada a 100 km a sudeste de Abidjan, na Costa do Marfim, em lâmina d'água de 1.500 metros a 3.100 metros.

"Esta é uma área promissora, cujos objetivos geológicos são semelhantes aos das grandes descobertas que foram feitas nos blocos vizinhos em Gana", diz Marc Blaisot, vice-presidente sênior de Geociências, da empresa Total Exploração e Produção.

Com a assinatura do contrato de participação de 60%, a Total torna-se operador de 2.000 km ² da licença de exploração de petróleo. A Yam mantém 25% e a companhia de petróleo nacional da Costa do Marfim, Petroci, detém 15% da participação de ativos restantes.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás