No último dia 03 de outubro, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou o edital para o leilão de dez subestações e de 685 quilômetros de linhas de transmissão. O leilão está previsto para ser realizado no dia 9 de dezembro, na Bolsa de Valores de São Paulo, às 10 horas. A estimativa de investimentos para as obras envolvendo a construção das subestações e das linhas fica por volta de R$ 890,9 milhões, com expectativa de gerar 4,5 mil empregos diretos.

Hoje (04/11), o edital do leilão já foi no Diário Oficial da União, podendo também ser conferido através do site da Aneel (www.aneel.gov.br). As inscrições devem ser efetuadas apenas entre os dias 6 e 7 de dezembro. Além de fundos de investimento poderão participar do leilão pessoas jurídicas de direito privado estrangeiras ou nacionais, agrupadas em consórcio ou participando individualmente.

Sobre o leilão

Neste último leilão de transmissão realizado no ano de 201, serão licitados nove lotes nos estados de Goiás, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná, Pará, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. As linhas de transmissão e as subestações devem entrar em operação dentro de um período de 18 a 24 meses.

Durante o leilão, os participantes devem entregar as propostas em envelopes fechados. Caso a diferença entre a menor oferta e maior superar os 5%, o participante responsável pela menor proposta vence o leilão. No caso de a diferença ser menor ou igual a 5%, e se ocorrer empate entre as propostas menores, o leilão continua com lances em viva voz. Um novo empate define que o vencedor será determinado por sorteio realizado pelo diretor do leilão.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Energia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Energia