A Hyundai realiza hoje, 12 de novembro, uma cerimônia de nomeação do mais novo FPSO Usan construído pela companhia, o maior navio flutuante de produção, armazenagem e instalações de descarga do mundo. O FPSO Usan conta com capacidade de refino de 160 mil barris de petróleo e 5 milhões de metros cúbicos de gás por dia, bem como possui capacidade de armazenagem de 2 milhões de barris de petróleo.

As instalações do novo FPSO produzido pela Hyundai têm 320m de comprimento, 61m de largura, 32m de altura e pesa 116 mil toneladas. Os FPSO’s da Hyundai são muito apreciados na indústria offshore por serem fáceis de instalar e não necessitarem de oleodutos para exportar petróleo e gás.

Devem assistir à cerimônia de nomeação o chefe do departamento de operações da Hyundai, Kang Chang, o diretor executivo de assuntos externos da Total, John Addeh, e mais 300 convidados. O FPSO, que custou cerca de US$ 1,7 bilhão, foi uma encomenda da megacompanhia francesa Total, feita em fevereiro de 2008.

Para a construção do FPSO Usan, foram empregadas tecnologias de ponta, bem como testes de simulação tridimensional durante a instalação do módulo a fim de avaliar os riscos de carregamentos. A instalação de dique seco com quatro conjuntos de módulos topside é uma mudança de paradigma na indústria, reduzindo o tempo de construção, por até um mês e aumentando a confiabilidade dos equipamentos, além de preservar a segurança dos trabalhadores.

A Hyundai construiu dez FPSO’s supersize (supertamanho), cada um com capacidade de armazenamento de mais de 2 milhões de barris de petróleo, destinados a grandes empresas petrolíferas em todo o mundo, sendo o seu primeiro FPSO construído para a Petrobras em 1996. Atualmente a empresa tem uma quota de mercado de 60% em negócios considerados muitos competitivos em relação à construção de FPSO do tipo supersize.

A Hyundai é uma empresa integrada de indústrias pesadas, com divisões de negócios especializadas em motor, construção naval, máquinas, offshore e de engenharia, além de instalações industriais, sistemas elétricos e equipamentos para construção.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás