Viscosidade de lubrificantes sintéticos para sistemas de engrenagemA viscosidade é a propriedade física mais importante de um óleo lubrificante sintético. Assim como as mudanças de temperatura de viscosidade, a taxa de variação de viscosidade de lubrificantes sintéticos para sistemas de engrenagem é uma propriedade importante identificado pelo índice de viscosidade (IV). A maioria dos óleos lubrificantes de transmissão de base mineral tem um índice de viscosidade de 95. O IV inferior indica que as mudanças de viscosidade do óleo são superiores à mudança de temperatura. Por outro lado, um elevado índice de viscosidade indica uma taxa muito menor na mudança na viscosidade com relação à mudança de temperatura. A vantagem de um índice de viscosidade alto é que em temperaturas mais baixas, o petróleo tenderá a não aumentar sua viscosidade tanto quanto um produto de VI inferior. A capacidade de um óleo em manter uma diferença pequena de viscosidade durante todo o período de funcionamento de componentes, como as engrenagens, por exemplo, fornece uma película de lubrificação mais consistente para os componentes e um desempenho melhor, inclusive com previsão mais rápida e eficaz do desgaste do óleo.

Avaliação de Viscosidade do lubrificante

Como afirmado anteriormente, a viscosidade correta é um importante parâmetro na seleção adequada de um fluido lubrificante sintético para sistemas de engrenagem. O fabricante de inúmeros modelos de engrenagens e até mesmo de sistemas completos de engrenagens, oferecem uma recomendação quanto ao nível de viscosidade que os componentes suportam e mantêm bom desempenho. Estas recomendações devem ser seguidas à risca na maioria dos casos. Caso o fabricante do redutor não tenha disponibilizado nenhum tipo de recomendação, provavelmente, a viscosidade não foi calculada com base na teoria de lubrificação, então, ela pode ser avaliada de acordo com várias planilhas e gráficos. As diferenças de viscosidade em relação à temperatura e à pressão para mensurar o comportamento de materiais sintéticos em comparação com os óleos minerais devem igualmente levadas em conta.

A escolha do nível de viscosidade correto é baseada na temperatura prevista dos óleos operacionais, tais como a temperatura do óleo injetado. Esta temperatura é calculada pela determinação da economia térmica da engrenagem, tendo em vista as perdas por atrito, ou no caso de engrenagens já instaladas, através da medição da temperatura do cárter. Pode ser necessário selecionar um grau de viscosidade mais baixo para garantir que a lubrificação seja fornecida adequadamente durante o arranque a frio da engrenagem ou a menor temperatura ambiente. Em cada caso específico, é necessário verificar a viscosidade baseada na temperatura existente durante a partida das engrenagens, especialmente no caso dos sistemas de circulação de óleo.

A aplicação de técnicas específicas para mensuração de desempenho dos lubrificantes é essencial para a tomada de gestão, levando em conta a escolha do melhor lubrificante industrial e avaliando o nível de viscosidade desejado para a obtenção do nível ótimo de funcionamento das engrenagens. Também é útil para as empresas e indústrias adquirir produtos e suprimentos apenas de fornecedores de lubrificantes que comercializem suprimentos de qualidade, padronizados e que sejam acompanhados de recomendações sobre o melhor uso de cada tipo de óleo lubrificante.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Suprimentos Industriais
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Suprimentos Industriais