Engenharia Verde, aposte nessa ideia!Grande parte dos países industrializados busca formas alternativas de geração de energia e tentam reduzir a dependência do petróleo e de combustíveis fósseis como uma forma de promover uma “limpeza” do ambiente. A engenharia ambiental, convenientemente chamada de Engenharia Verde, influencia todos os setores da indústria transformadora no sentido de pleitear uma maior eficiência energética e elevar os lucros, mas sempre levando em consideração a adoção de medidas sustentáveis em curto, médio e longo prazos.

A engenharia verde, como conceito, pode ser considerada como o processo de concepção dos produtos que conservam os recursos naturais e ainda reduz os impactos negativos sobre o meio ambiente. Na verdade, a engenharia verde é capaz de oferecer todo o suporte no desenvolvimento de máquinas, sistemas, automóveis e outros dispositivos que favoreçam à população e promovam o desenvolvimento sustentável dos países. O termo é freqüentemente aplicado à habitação, mas pode ser usado para automóveis, sistemas de iluminação ou qualquer outro tipo de sistema ou dispositivo que, para ser concebido, exija conhecimentos de engenharia e incorpore princípios ambientais. Em muitos países, é comum que o governo ofereça incentivos fiscais e outros incentivos para empresas que incorporem o uso dos princípios da engenharia ambiental em seus escopos de trabalho e planejamentos referentes ao setor de Responsabilidade Social.

Na construção civil, por exemplo, as empresas que investem em seus projetos de desenvolvimento objetivando o aumento dos lucros, contudo, não deixam de se preocupar com a área ambiental, recebem o selo verde. Este o exemplo do Banco Real, que recentemente foi incorporado ao Grupo Santander. Em 2007, a agência do Banco Real localizada em Cotia, região metropolitana de São Paulo, foi a primeira agência bancária a ser construída com base em uma política ambientalmente correta. Àquela época, a ação tomada pelo Banco já demonstrava uma forte tendência internacional que hoje já faz parte da realidade de muitas empresas: é a ‘construção verde’.

O prédio da agência foi totalmente projetado para atender aos princípios da engenharia verde. Na construção foram utilizados tijolos reciclados, tintas sem solventes, pisos também sem solventes e móveis apenas de madeira certificada. Além disso, a ideia dos arquitetos e engenheiros que projetaram a obra previa também o aproveitamento máximo da luz natural, empregando a energia solar como modo de promover a iluminação das áreas de auto-atendimento e sistema de ar condicionado livres de gases nocivos à camada de ozônio.

O papel das indústrias é tão importante no sentido de preservar o meio ambiente que suas ações vão muito além de adotar medidas para a redução de carbono. Esse é o caso da TopTelha, empresa que atua há mais de 50 anos no segmento cerâmico. Seus produtos, destinados à construção civil, ganharam maior destaque após o lançamento da Telha Top Marfim, um material que, ao manter a temperatura agradável dentro do ambiente, diminui os efeitos do aquecimento global, pois sua cor clara permite uma redução da temperatura do telhado.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Meio Ambiente
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Meio Ambiente