Petrofac forma aliança estratégica com a Seven EnergyA Petrofac, líder internacional em prestação de serviços de instalações no setor de petróleo e gás, firmou acordo estratégico com a Seven Energy International, empresa nigeriana de produção e desenvolvimento offshore. Sujeita a certas condições a ser cumpridas, a Petrofac concordou em investir US $ 100 milhões, financiados por recursos em dinheiro, para adquirir uma participação de 15% (12,6% em base totalmente diluída) em operações da Seven Energy; em contrapartida, a Petrofac ajudará com o desenvolvimento da produção, processamento e transporte de petróleo e gás.

A Seven Energy e a Petrofac também negociaram em contrato alguns termos, que se referem às condições de desempenho determinados em relação à execução do projeto, o que permitirá à Petrofac investir mais de US$ 52 milhões em projetos da Seven Energy, desde que a Petrofac possam elevar sua participação para 19,2% (em uma base totalmente diluída).

A Petrofac irá fornecer também uma equipe de profissionais experiente para ajudar na entrega de projetos da Seven já existentes e que serão apresentados ao Conselho e aos comitês de gestão. Os contratos também prevêem uma parceria entre Petrofac e a Seven Energy em relação ao co-investimento em oportunidades na Nigéria. Além do investimento feito pela Petrofac, outros novos investidores decidiram aprovisionar mais US$ 50 milhões nos negócios da Seven Energy.

Antecedentes da Aliança

A Petrofac já analisava uma forma de estabelecer uma presença permanente na Nigéria durante alguns anos. A Nigéria tem muito substancial das reservas de hidrocarbonetos subdesenvolvidos combinados com uma grande população, cuja crescente demanda por energia não está sendo cumprida. A Nigéria é cotada para ser um dos países de mais rápido crescimento entre os países emergentes da África, e está planejando um crescimento significativo no setor de energia.

É atualmente o décimo maior produtor de petróleo do mundo, com reservas provadas de petróleo e gás estimadas em 37 bilhões de barris e aproximadamente 563.880 trilhões de metros cúbicos, respectivamente. No entanto, novas infraestruturas significativas são necessárias para cumprir as metas do Governo nigeriano. O Governo tem como objetivo aumentar a capacidade de geração de energia a 10.000 megawatts até 2011 (sua capacidade atual é de 8.000 megawatts), e estima que a infraestrutura necessária para produção de gás deva custar em torno de US$ 30 bilhões, não incluindo os custos de desenvolvimento upstream.

A Seven Energy mantém o foco em projetos de fornecimento de gás, o que é um diferencial para empresa, pois está preenchendo uma lacuna no mercado nigeriano. A Nigéria é uma das poucas regiões do mundo onde o desenvolvimento independente e de produção pode ter acesso a importantes campos terrestres e perspectivas, e há fortes barreiras à entrada para os participantes não-indígenas.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás