Campo Jubileu, em Gana, deve entrar em operação em dezembro de 2010. Isso é o que as autoridades governamentais de Gana, país africano, afirmaram nesta quinta-feira, 25 de novembro. A expectativa é de que o campo offshore Jubileu já possa entrar em operação para exploração de petróleo a partir de 17 de dezembro, seguindo as estimativas anteriores de retomada de seu lugar como produtor de petróleo até o final deste ano.

"A primeira operação de extração do óleo está prevista para 17 de dezembro, e o governo e todos os parceiros operadores do campo Jubileu aguardam ansiosos por este dia," disse o Vice-ministro da Informação, Samuel Okudzeto Ablakwa, à Reuters. O campo é operado pela empresa britânica Tullow Oil e estima-se conter até 1,8 bilhões de barris, com uma vida útil de 20 anos.

A Tullow confirmou nesta quinta-feira que os testes das máquinas haviam sido bem sucedidos. "A partir da primeira semana de dezembro, estaremos prontos para o primeiro ombeamento de óleo a qualquer momento ", comentou um gerente sênior da Tullow à Reuters. O chefe-executivo da Tullow, Aidan Heavey, foi até Gana foi visitar o site do projeto. Outras empresas parceiras da Tullow no projeto E&P no campo Jubileu são a Kosmos Energy, a Anadarko e a Ghana National Petroleum Company.

A produção está prevista para ser normalizada em 120.000 barris de petróleo por dia na primeira fase, podendo aumentar para 250 mil barris por dia depois de três anos de operações. O Parlamento de Gana ainda precisa terminar os trabalhos na legislação a fim de determinar como as receitas do petróleo serão utilizadas em meio à discordância sobre a proposta do governo para usar porções da receita como garantia para empréstimos.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás