Lâmpadas de LED ajudam a reduzir custos com energiaLâmpadas de LED são um dos tipos mais variados de lâmpadas disponíveis no mercado e que são a mais nova aposta do setor de construção verde como forma de diminuir gastos com energia elétrica e preservar o meio ambiente. Com base uma ampla seleção de opções em relação à cor, brilho, formatos e potência, é importante considerar as necessidades de iluminação de um ambiente doméstico ou mesmo do escritório ou local de trabalho, especialmente porque, além de cortar gastos, é importantes que a iluminação seja apropriada para cada cômodo da casa. É importante ter um conhecimento básico de questões como tipos de conexão e instalação, pois esses fatores podem afetar o resultado final da instalação das lâmpadas de LED em termos de eficiência, design e beleza.

Um dos principais fatores a avaliar na hora de optar pela instalação de luzes LED em casa ou em estabelecimentos comerciais, assim como em indústrias, é a potência da lâmpada LED.Potência é a medida da energia elétrica. Quanto mais watts de eletricidade a lâmpada gera, mais potência ela tem. Isto é importante porque quanto mais potência tem uma lâmpada, mais caro fica o custo de energia elétrica. Antes uma lâmpada de 100 watts de luz era bem mais eficiente na iluminação do que uma lâmpada de 40 watts, no caso das lâmpadas de incandescência e lâmpadas de halogênio. Contudo, as luzes LED são bem diferentes.

O motivo que levou as lâmpadas a serem diferentes é simplesmente o fato de que as luzes LED são muito mais eficientes, utilizando muito menos energia, mas ainda sim capazes de fornecer a iluminação necessária, mesmo em ambientes maiores. Os modelos de lâmpada de LED são normalmente classificados a partir de 1 watt de 5 watts. As luzes de LED são muito mais eficientes, principalmente porque uma lâmpada de 5 watts de LED pode gerar a mesma quantidade de luminosidade se comparada a uma lâmpada de halogênio de 35 watts, ou uma lâmpada de filamento de 60 watts.

Também é válido estar ciente de que o nível de brilho alcançado por cada watt ajuda a identificar a eficiência de uma lâmpada. Assim, quanto mais brilho por watt, mais eficiente é uma lâmpada. As lâmpadas de LED geram um alto nível de brilho com pouca potência. Mas também são tipos de luzes orientados, o que significa que mantêm o foco em uma área específica. Algumas lâmpadas LED têm um enfoque abrangente, direcionando a luz em uma ampla área, enquanto outras lâmpadas criam um feixe restrito de luz, direcionando-o para uma área menor e mais definida.

Este nível de foco, ou ângulo de iluminação, é importante. Ao escolher lâmpadas de LED como forma de iluminação no local de trabalho, será importante saber como elas serão usadas e onde serão instaladas. Para um canto de leitura, pó exemplo, as luminárias de cabeceira podem ter acoplada uma lâmpada LED com um foco de luz mais restrito ou mais amplo. No caso de cozinhas e banheiros, a iluminação deve ser ainda mais extensiva. A vantagem é que quase 100% da luz que está sendo gerada pela lâmpada LED é direcionada exatamente onde o usuário precisa, ao invés de ser desperdiçada e propagada por toda parte. Ao utilizar de forma adequada as lâmpadas de LED é possível reduzir de 200-300 watts de luz para menos de 10 watts. Isto representa uma economia significativa nas contas de energia elétrica, além de ser muito útil na preservação do meio ambiente.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Energia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Energia