O grupo norueguês Lundin Petroleum, operador da licença de produção 338, está em vias de concluir a perfuração do poço pioneiro 16/1-14. O poço está sendo perfurado a 4 km a noroeste do campo Luno (16/1-8), onde foi descoberto petróleo em 2007, a 3 km ao sul do campo Draupne (16/1-9).O objetivo do poço era provar petróleo em reservatórios de rochas localizadas no Jurássico Médio (formação Hugin), como uma extensão de Draupne.

Como esperado, a formação Hugin possui poços reservatórios, mas está seco. No entanto, o óleo foi encontrado em dois níveis dos reservatórios acima da formação Hugin. Um dos níveis tem uma coluna de petróleo de cerca de dez metros no Cretáceo Inferior / Jurássico Superior em camadas de arenito, com qualidade de reservatório considerada boa. O outro nível tem um total de cerca de 40 metros de coluna de óleo bruto em estratos de arenito Paleoceno (a formação Heimdal) com qualidade de reservatório variável.

O poço não foi testado por formação, mas o desenvolvimento de uma coleta extensa de dados e de amostragem foi realizado. O óleo na formação Heimdal é do mesmo tipo encontrado em Luno, enquanto o petróleo subjacente no Cretáceo Inferior / Jurássico Superior é muito mais leve. Estimativas preliminares indicam que o tamanho das descobertas estão entre 2 e 10 milhões de metros cúbicos padrão (Sm3) de óleo recuperável em licença PL338. As descobertas exigirão um estudo de delineação mais aprofundado antes que se possa avaliar a licença de produção, juntamente com outras descobertas nas proximidades.

O poço é o quinto de exploração na licença de produção 338, que foi adquirido pela Lundin Petroleum em 2004. O poço 16/1-14 foi perfurado a uma profundidade vertical de 2.550 metros abaixo da superfície do mar, e foi encontrado na formação Skagerrak no Triássico Superior, com profundidade da água no local é de 110 metros. Contudo, o poço agora será permanentemente fechado e abandonado. O poço 16/1-14 foi perfurado para facilitar a passagem da sonda de perfuração Transocean, que irá agora dar procedimento à licença de produção 409 no Mar do Norte para perfurar poço pioneiro 16/7-9, onde a Lundin Noruega é a empresa operadora.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás