Processo de rebarbação na indústria metal-mecânicaO processo de rebarbação na indústria metal-mecânica é um método de acabamento utilizado em ambientes industriais, especialmente nas áreas de produção. O metal pode ser usinado com base em diferentes procedimentos, como soldagem, moldagem e cisalhamento, com a finalidade de criar peças de formato específico e tamanho adequado. Estes procedimentos, muitas vezes, criam bordas irregulares ou saliências, também chamadas de rebarbas. Essas aparas que aparecem quando os protótipos de metal são usinados necessitam de serem removidas através do método de rebarbação, o que confere um perfeito acabamento às peças e componentes.

A técnica de rebarbação pode ser realizada por vários métodos. O primeiro deles requer o uso de substâncias abrasivas, aplicadas com panos abrasivos pode de modo que o metal seja esfregado, a fim de remover lascas finas e pequenas aparas na superfície da peça. Em outros casos, pode ser necessário lixar a peça, contudo, esse trabalho manual causa uma pequena quantidade de partículas arenosas. Nesse caso, o emprego de máquinas lixadeiras é uma solução eficaz para se conseguir a remoção das aparas sem desperdiçar muitas partículas no ar, que podem ser aspiradas e ocasionar problemas respiratórios aos operários.

Outros métodos de rebarbação exigem o uso de equipamentos específicos de polimento para suavizar os entalhes e fragmentos. Os trabalhos de rebarbação e de polimento de tornam necessários durante a fabricação e acabamento de alguns tipos de componentes metálicos, uma vez que as rebarbas e aparas são comuns em costuras, bem como nas bordas. Todas as superfícies precisam ficar completamente lisas.

É crucial ressaltar que o processo de rebarbação é importante para garantir a qualidade, estética, padronização e bom funcionamento dos componentes mecânicos de uma máquina quando em fase de produção. Todos esses fatores se aplicam também para a segurança dos trabalhadores. Isso significa que, mesmo um pequeno entalhe, pode causar ferimentos, criando um forte potencial de acidentes e lesões, culminando em atrasos desnecessários na produção. As bordas ásperas e aparas também são responsáveis por muito acidentes decorrentes de fissuras e trincas causadas por falhas de rebarbação nas peças. Vale ressaltar que cada um desses problemas (evitáveis) costuma custar às empresas uma grande quantia de dinheiro anualmente.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Metal Mecânica
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Metal Mecânica