Concreto verdeO termo “concreto verde” tem dois significados. O termo mais frequentemente se refere ao concreto que não tenha passado pelo processo de cura, através do qual torna-se endurecido, um material de construçãomais forte usado em todo o mundo. Mais recentemente, a expressão “concreto verde” tornou-se referência para novos tipos de produtos de concreto que sejam projetados para serem ecologicamente corretos dentro do conceito de construção verde.

Areia, pedra ou brita, cimento e água são os ingredientes usuais para a produção do concreto padrão. A resistência do concreto é determinada pela mistura desses componentes e pode variar muito. O concreto endurece como o resultado de uma reação química entre a água e o durante a mistura. Logo após, a pasta homegênea é colocada em um molde ou matriz, passando pelo processo de secagem, ou de cura.

O processo de cura como tratamento térmico produz calor, o que pode incentivar a liberação de umidade pelo concreto muito rapidamente e resultar em um produto de qualidade inferior. Por isso, logo que começa a ser moldado e endurecido, o concreto deve ser protegido para evitar que ele seque rápido demais. Muitas vezes, as laterais e o interior do bloco de concreto estão protegidos pelas matrizes e pela superfície onde foi derramado, mas a superfívie do concreto que fica exposta deve ser coberta por um file de proteção adequado, sendo mantido mais úmido até à cura completa. Normalmente, o processo de cura do concreto leva cerca de sete dias.

Pode-se considerar que o material de construção mais fabricado e utilizado em todo o mundo é o concreto. Esse tipo de suprimento industrial é aproveitado para construção de estradas, pontes, edifícios, piscinas e grandes construções. Contudo, infelizmente, esse material tem uma séria desvantagem. A fabricação do cimento Portland, que é um dos principais componentes do concreto, requer aquecimento de calcário e outros elementos a temperaturas elevadas. No entanto, este processo liberta grandes quantidades de CO2 para a atmosfera.

Alguns arquitetos, construtores e engenheiros se inclinam para a construção ambientalmente responsável e sustentável, optando por suprimentos de concreto verde com novas formulações, que ajudem a conservar os recursos não renováveis e reduzir o problema das emissões de dióxido de carbono. Um exemplo disso é que, em 2004, um grupo de alunos de graduação da Escola Politécnica e da Escola de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro realizaram vários estudos e pesquisas com a intenção de modificar a composição do concreto tradicional. Coordenados pela professora de engenharia civil Ana Catarina, esses alunos desenvolveram um projeto de iniciação científica com a finalidade de produzir blocos de concreto utilizando agregados plásticos reciclados em substituição à pedra ou brita.

A indústria francesa, por exemplo, já faz uso de cinzas das centrais termelétricas e de escórias das usinas siderúrgicas para a produção do cimento verde. No Brasil, matérias-primas como cascas de arroz e bagaço de cana servem de estudos para que futuramente, a indústria cimenteira possa desfrutar de todo esse material na confecção de blocos de concreto verde, reduzindo a presença do cimento na preparação do concreto e cooperando com a diminuição da emissão de CO2 na atmosfera.

Outro exemplo que já é realidade vem da indústria mineira Precon. A empresa foi destaque na Casa Cor 2009, evento de decoração e arquitetura realizado em São Paulo, apresentando uma novidade em linha de produtos ecologicamente sustentáveis, com design arrojado e moderno e que harmonizasse sofisticação e sustentabilidade. Destaque para o produto “Concreto Celular Autoclavado Precon (CCA)”, um material que, além de ser sustentável, proporciona outros benefícios, sendo resistente, leve, durável, propicia ambientes termicamente estáveis, redução do consumo com energia e boas condições de climatização e isolamento acústico.

Sobre a empresa Precon

Há mais de 45 anos no mercado, a Precon Industrial S/A é uma empresa atuante na industrialização de materiais de construção e no mercado nacional de pré-fabricados de concreto. Recentemente, a Precon disponibiliza uma linha completa de produtos e soluções para o setor de construção civil, com um amplo portfólio de itens como blocos de concreto celular, telhas de fibrocimento e concreto, rejuntes, lajes, pré-fabricados, argamassas, painéis, estacas, dormentes, aço cortado e dobrado, built to suit e sistemas construtivos habitacionais.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Construção Civil
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Construção Civil