Os teclados de membrana são suprimentos feitos de borracha, silicone ou filme de poliéster são produtos utilizados extensivamente pelos consumidores, que adoram as novidades do setor eletroeletrônico. Essas peças substituem os teclados convencionais de computadores, calculadoras e outras máquinas, sendo produtos baratos de produzir e que requerem pouca manutenção, além de apresentarem solução de comutação variável.

As aplicações comuns de teclados de borracha de silicone incluem controles remotos para TV, vídeo e unidades de HIFI, brinquedos eletrônicos e jogos, bem como equipamento de controle industrial. Os fabricantes de telefone celular têm, nos últimos anos, sido o principal consumidor de teclados de membrana em todo o mundo. Essa participação tem resultado em avanços na tecnologia, incluindo o uso de sensores de plástico rígido ligados a um teclado de borracha e também o uso de mais camadas de borracha de modo a criar um relevo, produzindo uma resposta tátil mais reforçada.

A tecnologia de fabricação de vários modelos de teclados de membrana emprega as propriedades de moldagem por compressão da borracha de silicone. O método cria essas peças de borracha com formato retangular e plano, ou com leves relevos que facilitam a identificação das “teclas”, culminando em uma resposta tátil e visual.

Ao adicionar pigmentos na borracha de silicone natural, é possível projetar teclas de várias cores que podem ser moldadas em conjunto durante o processo de compressão para formar um teclado multi-chave. As teclas individuais podem ser impressas com tinta à base de prata, o que permite a personalização completa do teclado para a sua aplicação. Algumas técnicas foram desenvolvidas para permitir que os teclados sejam pintados com tinta spray especial, dielétrica, ou então gravadas a laser através de várias camadas de tinta. Além disso, vários materiais de revestimento podem ser aplicados ao material de borracha para assegurar uma superfície lisa, onde as teclas impressas com letras, números e símbolos durem mais tempo com uma boa sensação de toque.

Depois de moldada, a borracha precisa receber o design correto, com todas as teclas desenhadas no polímero. Isso se consegue com a gravação a laser, processo controlado que remove a camada de revestimento superficial de um teclado pintado (geralmente na cor preta) para revelar a camada mais leve colorida em baixo (geralmente branca). O objetivo deste efeito é produzir um efeito de iluminação sobre um teclado.

Grande parte dos fabricantes de teclados de membrana trabalha com certa padronização dos produtos. A maioria dos tipos de teclados é feito com espessura de 0,10 ou 0,125 mm. Os terminais podem ou não ser climpados, contudo todo o circuito deve ser pintado com tinta especial dielétrica para maior proteção dos componentes. Os contatos são revestidos com uma camada de carbono para aumentar sua durabilidade.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Elétrica & Eletrônica
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Elétrica & Eletrônica