Um termostato elétrico de geladeira é o componente de controle do sistema de resfriamento utilizado em aparelhos domésticos, como geladeiras e freezers. Esse sistema inclui um compressor, um condensador, um dispositivo de medição e um evaporador. Esse suprimento industrial funciona através da remoção de calor no interior da geladeira, ao contrário de resfriar o ar no seu interior.

O termostato de refrigeradores instalado no interior da geladeira normalmente possui um botão que permite seu ajuste, mas muitos são termostatos automáticos. Quando um usuário define a temperatura desejada, o dispositivo mantém a temperatura por sensoriamento, sem flutuações internas, levando o compressor a ligar ou desligar em resposta a essas mudanças. Quando a geladeira está devidamente ajustada à temperatura designado, o termostato interrompe o fluxo de eletricidade para o compressor, impedindo-o de resfriar ainda mais o aparelho.

O compressor é o motor do sistema de arrefecimento. Possui o tamanho de uma bola de futebol, abrangendo uma bomba e motor em um compartimento fechado, onde fica o líquido de refrigeração da geladeira. Quando o termostato eletrônico ou digital detecta muito calor, o compressor é ligado e começa a transformar o fluido refrigerante de baixa pressão em estado gasoso em um gás de alta pressão.

O gás refrigerante se move a partir do compressor para o condensador, onde se torna um líquido que emite calor. O líquido refrigerante é então levado a um tubo capilar, que controla a pressão e a vazão. Quando o líquido refrigerante chega ao evaporador, ele perde pressão e alterações o fazem voltar ao estado gasoso. Essa transformação de líquido para o gasoso absorve o calor na geladeira, resultando em um efeito de resfriamento.

Atualmente existem muitos tipos de termostatos produzidos por fabricantes de diversos modelos de termostatos industriais, com opções de termostato digital, eletrônico, capilar, entre outros. O termostato de refrigeração é diferente do termostato de degelo, que trabalha com o recurso de degelo automático. A maioria das geladeiras modernas faz o trabalho de degelo de modo automático, o que significa que o gelo acumulado dentro da geladeira derrete sem a necessidade de intervenção do usuário, e sim apenas com comando do próprio dispositivo.

Isso ocorre porque o timer do degelo da geladeira desliga e liga o aquecedor de degelo, que fica perto de bobinas de refrigeração do refrigerador. Quando o aquecedor fica quente, o gelo acumulado na serpentina se derrete. O degelo do termostato é colocado perto da serpentina, fazendo com que o aquecedor de degelo se desligue quando o calor próximo às bobinas atinge uma temperatura específica.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Suprimentos Industriais
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Suprimentos Industriais