EMGs se une à Shell para revolucionar sua tecnologia 3D Eletromagnética Geoservices ASA (EMGS) e a Shell desenvolveram em parceria uma Indústria de Projeto Conjunto (JIP) para planejar e projetar a próxima geração de equipamentos 3D da EMGS. Durante os próximos seis meses as duas empresas, em estreita colaboração, realizarão um estudo de viabilidade, que inclui testes de laboratório, soluções de design, especificações e um planejamento para o desenvolvimento da próxima geração de componentes como fontes, receptores e sistema de posicionamento.

"O desenvolvimento de sistemas de orientação para o cliente está no centro da nossa estratégia de tecnologia. EM. Estamos muito satisfeitos em juntar-se novamente com a Shell, um dos usuários mais experientes da tecnologia EM", diz Roar Bekker, diretor executivo da EMGS.

Sobre a EMGS

EMGS, líder de mercado, usa sua tecnologia eletromagnética (EM) para apoiar companhias de petróleo e gás na sua busca de hidrocarbonetos nos oceanos. A EMGS oferece suporte a todas às fases de atividades, desde projetos de pesquisa à aquisição de dados para processamento e interpretação de informações. Os serviços da empresa permitem a integração de dados sísmicos com EM e outras informações geofísicas e geológicas para proporcionar aos exploracionistas uma compreensão mais clara e completa do subsolo. Isso melhora a eficiência da exploração e reduz os riscos e os custos de busca por barril.

A EMGS realizou mais de 500 inquéritos para melhorar as taxas de perfuração em poços petrolíferos de sucesso em todo o mundo em bacias offshore. A empresa opera em uma base mundial com sede em Trondheim e Stavanger, na Noruega; Houston, nos Estados Unidos, e Kuala Lumpur, na Malásia.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás