Reciclagem de garrafas de vidroA reciclagem de garrafas vidro é considerada por muitos como uma atividade sustentável, que além de gerar melhoras na economia local e reduzir gastos com produção de novos vidros e produtos a partir desse material, também é uma forma de preservação do meio ambiente e da biodiversidade. Sendo totalmente recicláveis, as garrafas de vidro são um componente importante para o conceito de sustentabilidade, que pode ser representado por três letras “R”: reduzir, reutilizar e reciclar.

O método de reciclagem de vidro tem normas específicas que se iniciam com o apoio do próprio consumidor. Algumas cidades brasileiras possuem serviços de coleta e reciclagem e lixo limpo, mas isso não exime o consumidor final de suas responsabilidades em prol do meio ambiente. Antes de os lixos e entulhos chegarem às calçadas à espera de coleta pelos caminhões de lixo, os moradores podem contribuir fazendo a seleção de material que pode ser reciclado, como papel, alumínio, vidro e plásticos.

Vidro reciclado

Todo o material separado é colocado em recipientes de coleta de cores diferentes, que indicam que os materiais são variados e que podem ser reaproveitados. Esse o primeiro passo no processo de reciclagem de vidro. Então, os caminhões de coleta de lixo se encarregam do resto, transportando os recipientes de vidro reciclável para as fábricas e usinas de reciclagem.

Um processo de classificação bem planejado prevê também a exclusão de recipientes de vidro que estejam contaminados com algum produto. Um vidro contaminado por produtos químicos, ácidos e outras substâncias já não são considerados puros, e caso fossem usados, sérios problemas poderiam ocorrer.

Na usina de reciclagem de vidro, todos os objetos e garrafas de vidro são limpos antes que sejam triturados. Para isso, todas as tampas e rótulos são retirados a fim que esse material não seja misturado ao vidro no momento de sua trituração. Caso isso não aconteça, tanto os rótulos quanto as tampas podem danificar as máquinas de fabricação de vidro durante o processo de reciclagem ou acabar fazendo novos recipientes de vidro de baixa qualidade, os quais os consumidores não estarão dispostos a comprar e utilizar.

Para que seja reciclado e utilizado na produção de novos objetos, o vidro passa por um processo de trituração em máquinas especiais, chamadas de trituradores. Durante esse processo, o vidro ainda pode ser misturado a outras matérias-primas, que incluem areia de sílica, carbonato de sódio e pedra calcária, para fazer recipientes de vidro novos e perpetuar o ciclo de reciclagem de vidro. Pode-se dizer que este método de reciclagem de vidros é barato e muitas vezes, gera uma importante renda para as comunidades locais.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Meio Ambiente
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Meio Ambiente