Usos do poliestireno na indústriaO poliestireno, um tipo de plástico produzido a partir de estireno, é um material leve e resistente à umidade, com propriedades de isolamento excepcional. Uma vez que é composta por mais de 90% de ar, esta espuma conta também com outra característica: é extremamente flutuante. É essa característica que levou os a Guarda Costeira e a Marinha dos Estados Unidos, por exemplo, a utilizarem a espuma de poliestireno para fazer botes e coletes salva-vidas desde a Segunda Guerra Mundial.

Vale destacar que os consumidores estão bastante familiarizados com esse suprimento também, que constitui muitos dos objetos que conhecemos hoje em dia, como os copinhos de café e de água, feitos de espuma de poliestireno expandido (EPS) na forma de grânulos.

A espuma de poliestireno extrudido foi uma invenção da companhia americana, com unidades também no Brasil, Dow Chemical, que está em produção há mais de 50 anos. O poliestireno é um plástico produzido a partir do petróleo, sendo um polímero aromático produzido com base em monômeros de estireno aromáticos, um líquido de hidrocarboneto que é comercialmente fabricado com o petróleo pela indústria química.
Espuma de poliestireno

Como um dos tipos mais utilizados de plástico, o poliestireno puro é um plástico sólido incolor, rígido e com flexibilidade limitada. Ele pode ser fundido em moldes com detalhes finos, transparente ou pode ser feito para assumir várias cores.

O poliestireno sólido é usado em talheres descartáveis, matrizes de plástico, caixas de CD e DVD e caixas de detector de fumaça. Os produtos fabricados com poliestireno são quase onipresentes, por exemplo, em materiais de embalagem, isolamento e copos de isopor. Ao contrário de copos descartáveis, que são normalmente na cor branca, os produtos feitos a partir de espuma de poliestireno são geralmente de cor azul.

Os grânulos de poliestireno azul são usados na produção de diversos objetos e utensílios domésticos, mas também é empregado na construção de estradas como uma camada de isolamento sob o pavimento para impedir a formação de rachaduras e buracos que ocorrem com o atrito dos pneus de carros e por causa do resfriamento e aquecimento alternados do asfalto.

Uma das principais vantagens desse material é que o poliestireno pode ser reciclado, e tem o número "6", como seu símbolo de reciclagem, embora o baixo custo de produção de poliestireno virgem possa ser um desestímulo para muitas empresas e indústrias. O poliestireno leva um tempo muito longo para se biodegradar, tornando-se uma das principais fontes de poluição no solo e nas águas.

Em termos de impacto ambiental e riscos para a saúde humana, a fabricação de espuma de poliestireno é considerada um risco para o meio ambiente, por isso, a importância de se reciclar esse material. Além de representar um risco para a saúde humana devido à exposição ocupacional ao estireno durante o processamento, há preocupações sobre a produção de espuma de poliestireno cooperando com o empobrecimento da qualidade do ar. Isto ocorre devido à fuga de hidrocarbonetos durante a fabricação do poliestireno. Os hidrocarbonetos reagem com os óxidos contidos no ar, que constitui um poluente conhecido como o ozônio troposférico, contribuindo para o aquecimento global.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Suprimentos Industriais
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Suprimentos Industriais