Tipos de asfalto para construçãoO asfalto é um dos mais conhecidos tipos de revestimentos que cobrem estradas e ruas pavimentadas, mas existem algumas formas diferentes em que essa substância pode aparecer. O asfalto, ou alcatrão, é um material espesso e pastoso, constituído de hidrocarbonetos não voláteis de elevada massa molecular, resíduo da destilação a vácuo do petróleo bruto e substâncias minerais. Os tipos de asfalto para construção civil são encontrados em forma líquida ou em semi-sólidos na natureza, sendo um material caracterizado por sua alta viscosidade, sua cor negra e aparência pegajosa.

Os tipos de asfalto mais comuns são constituídos quase que exclusivamente de betume, uma substância composta de hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs). Os principais tipos de asfalto usados na construção de asfalto são: cimentos asfálticos de petróleo (CAP), asfaltos diluídos de petróleo (ADP),emulsões asfálticas iônicas, não - iônicas e catiônicas, emulsões asfálticas aniônicas, asfaltos oxidados por catálise (catalíticos), além dos tipo de asfaltos poliméricos e concreto betuminoso usinado a quente.

Habitualmente, os três primeiros tipos de asfalto são mais empregados nos trabalhos de pavimentação de ruas e estradas, e os outros servem perfeitamente para as impermeabilizações. Atualmente, as emulsões asfálticas oferecem mais benefícios se comparados aos tipos de asfaltos diluídos e também aos cimentos asfálticos, e, em detrimento disso, muitas empreiteiras têm preferido utilizar esse produto. Uma emulsão asfáltica é feita de gotas de asfalto bem leves e finas, dispersas na água com base em agente emulsificador, constituído por moléculas classificados em polares e não polares. O primeiro é solúvel em água e o segundo solubiliza o asfalto.
Asfalto para pavimentação

O cimento asfáltico de petróleo (CAP) é produzido a partir do processo de destilação do petróleo, tornando-se um material semi-sólido ou sólido e viscoso, com propriedades aglutinantes e impermeabilizantes. Apresenta características como durabilidade, flexibilidade e alta resistência à ação de ácidos, sais e álcalis. Apresenta um comportamento termoplástico, tornando-se líquido quando aquecido e rígido após passar por um processo de resfriamento. O cimento asfáltico de petróleo é utilizado na formulação de muitos tipos de tintas asfálticas anti-corrosivas, para isolamento acústico e térmico, em impregnação de papel, além de servir como material anti-ruído.

Já o concreto betuminoso usinado a quente (CBUQ) é formado por uma substância ligante (geralmente, o cimento asfáltico de petróleo, proveniente da destilação do petróleo) e por areia ou brita. A homogeneização dos agregados miúdos e graúdos com o CAP é realizada é feita em uma usina de asfalto, por meio da usinagem à quente. A mistura é levada até o local de sua aplicação por caminhões equipados, sendo lançada por um equipamento denominado vibroacabadora. Logo depois de ser aplicado ao piso, esse tipo de pavimento é compactado por rolos compressores até que chegue à densidade determinada em projeto.

O mastique, um tipo comum de asfalto que serve para pavimentação, contém um menor teor de betume do que as outras formas de asfalto mencionadas anteriormente. Esse produto é usado para a produção de asfalto utilizado no revestimento de estradas e ruas, mas também em coberturas e pavimentos. O mastique SMA, outra variedade, está se tornando cada vez mais popular como uma alternativa ao asfalto laminado. Seus benefícios incluem propriedades antiderrapantes e, mesmo na ausência de bolhas de ar, se ele for aplicado inadequadamente, pode acabar tornando os pisos mais escorregadios do que o normal.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Construção Civil
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Construção Civil