Empire State Building contará com energia eólicaO Empire State Building, o mais ilustre e famoso arranha-céu dos Estados Unidos, terá seu sistema de geração de energia elétrica suprido por turbinas eólicas, o que tornará este edifício o maior consumidor comercial de fontes de energias renováveis em todo o Estado americano de Nova York.

Empire State BuildingDe acordo com os responsáveis por essa mudança, a adoção desta medida fará com o que edifício deixe de emitir 45 mil toneladas de dióxido de carbono anualmente. Em uma breve comparação, esse impacto ambiental poderia ser amenizado com diminuição de cerca de 40 milhões de viagens de táxi ou com o plantio de 150 mil árvores na região.

O edifício foi construído em 1931 e possui 102 andares, tendo modernizado seus sistemas de ventilação e instalações elétricas, incluindo também a implementação de um sistema de calefação e a instalação de 6,5 mil janelas com isolamento para temperaturas mais altas e mais frias, depois de ter passado por uma reforma de US$ 500 milhões com o objetivo de reduzir custos com eletricidade e também as emissões de carbono.

Nesta última quinta-feira, os proprietários do Empire State Building declararam o acerto de contrato com a empresa Green Mountain Energy por um prazo de dois anos. A empresa será responsável por fornecer, anualmente, 55 milhões de kwh de energia renovável a fim de atender a demanda de consumo de energia elétrica de todo o arranha-céu.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Energia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Energia