Detectores de monóxido de carbono: como escolher umOs detectores de monóxido de carbono funcionam de forma semelhante aos detectores de fumaça, soando um alarme para alertar sobre o perigo de vazamentos. No entanto, os detectores de fumaça, os detectores de CO e os medidores de CO alertam para perigos completamente diferentes. Cabe lembrar que o monóxido de carbono (também conhecido pelo nome químico, CO) é um gás incolor, insípido e inodoro que é produzido pela queima de combustíveis fósseis, sendo especialmente dissipado pelo escapamento dos automóveis, pelas lareiras das casas, pelos equipamentos a gás e pelas chaminés das indústrias, além de alguns tipos de equipamentos industriais.

O uso destes aparelhos ou equipamentos perto de uma área residencial exige a necessidade do uso de um detector de monóxido de carbono, visando a evitar a contaminação pela substância. O vazamento de CO pode causar intoxicações, doenças respiratórias graves e até mesmo levar à morte. Muitos modelos de detectores de CO são fabricados já como uma unidade que se conecta a uma fonte de alimentação de parede. Outros tipos de detectores de monóxido de carbono mantêm compartimentos de carga da bateria, o que é considerado um recurso conveniente para alguns usuários. Isto torna mais fácil substituir as baterias quando necessário sem ter que se preocupar com a remontagem correta do monitor.

Medidor de CO2Os monitores de carregamento frontais também podem ser muito práticos quando um dispositivo é instalado em uma área de difícil acesso. Muitas residências e estabelecimentos comerciais que contam com sistemas de segurança podem também instalar um detector de monóxido de carbono que fique conectado ao sistema 24 horas. Ao ligar o detector de CO a uma estação de monitoramento, este instrumento de medição será capaz de identificar prováveis vazamentos de monóxido de carbono no interior da casa e notificar o proprietário sobre o problema, oferecendo ao ambiente um completo monitoramento, mais seguro e eficaz.

Atualmente, o mercado industrial possui muitas empresas especializadas na fabricação de instrumentos de medição, como é o caso da Instrutherm, localizada em São Paulo, mas que oferece atendimento a todo o território nacional. O medidor de monóxido de carbono de modelo 04232 possui display de cristal líquido (LCD) de 3 ½ dígitos com iluminação, resolução: 1 ppm, vida útil de três anos para sensor, detecção rápida de alterações no nível do gás, sensor eletroquímico de gás específico (CO), tempo de resposta de apenas dois segundos, desligamento automático, entre outras vantagens. Com um preço médio de R$ 507,00; já o medidor de monóxido de carbono digital portátil está na faixa de R$ 720,00. Estes e outros instrumentos de medição estão à venda na loja virtual da empresa, através do site www.instrutherm.com.br. Vale destacar que a Instrutherm possui mais de 500 itens em seu portfólio de produtos.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Comentários

14/03/12 às 18:08h
antonio almeida
Empresa: diversoes almeida
desculpem ,mas tenho de referir-vos que no vosso site,acerca do monoxido de carbono (CO),ESTE GAS NÃO É O MESMO QUE O CO2,DIOXIDO DE CARBONO.SÃO NA VERDADE BEM DIFERENTES,SENDO O CO,MESMO VENENOSO,AO CONTRARIO DO CO2 .DECERTO JÁ REPARARAM NISSO,MAS ACHO BEM CORRIGIR,POIS É UM ASSUNTO MUITO SÉRIO.ASSIM TAMBEM SE DEVERIA ESCLARECER COMO SE FORMAM UM E O OUTRO.O MONOXIDO DE CARBONO FORMA-SE EM AMBIENTES REDUTORES,COM POUCO OXIGENIO,ENQUANTO O DIOXIDO DE CARBONO SE FORMA EM AMBIENTES BEM OXIGENADOS DURANTE AS COMBUSÕES.QUANDO O OXIGENIO RAREIA ,VÃO-SE FORMANDO DURANTE AS COMBUSTÕES ,PEQUENAS QUANTIDADES DE MONOXIDO DE CARBONO ,QUE VÃO AUMENTANDO CONFORME O OXIGENIO VAI SENDO MENOR.XAU.
15/03/12 às 09:16h
Renata Branco, da Redação

Obrigada pela correção, Sr. Antônio! Já corrigimos o problema, e obrigada pela complementação.

Controle & Instrumentação
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Controle & Instrumentação