O que são hidrocarbonetosHidrocarbonetos são compostos químicos constituídos inteiramente de carbono e hidrogênio. Eles são um subconjunto de compostos orgânicos. Hidrocarbonetos variam em termos de formações, que vão desde o metano, que é apenas um átomo de carbono ligado a quatro átomos de hidrogênio, até os polímeros, como o poliestireno, que consiste de milhares de átomos de carbono e hidrogênio. Como as ligações carbono-carbono são as mais fortes em toda a química, longas cadeias de carbono são extremamente duráveis e parecem ter uma extensão praticamente ilimitada.

Hidrocarbonetos são produzidos em uma variedade de formas. Podem ser gases (metano e propano), líquidos (hexano e benzeno), ceras (cera de parafina), ou polímeros (polietileno e poliestireno). Também podem ser processados para criar plásticos.

Existem quatro tipos principais de hidrocarbonetos: os hidrocarbonetos saturados, constituídos apenas de ligações simples entre os átomos de carbono; hidrocarbonetos não saturados, com ligações duplas ou triplas; cicloalcanos, com compostos de hidrogênio ligados a anéis de carbono; e hidrocarbonetos aromáticos, que contêm uma estrutura química conhecida como um anel aromático, em que benzeno é o exemplo mais simples.

Molécula de hidrocarbonetosA principal fonte de hidrocarbonetos no planeta Terra é conseguida através dos combustíveis fósseis, como o carvão, o petróleo e o gás natural. Estes elementos são extraídos do solo em quantidades de milhões de toneladas por dia, e são a fonte primária de energia para a civilização de hoje. Mais de 85% da eletricidade mundial é gerada pela queima de hidrocarbonetos, e os hidrocarbonetos provenientes do combustível são usados para impulsionar praticamente todas as máquinas móveis, abrangendo carros, caminhões, trens, aviões e navios.

Os hidrocarbonetos têm sido uma fonte de combustível de muito sucesso ao longo dos últimos duzentos anos, mas há cada vez mais interesse em reduzir seu uso, especialmente por parte das grandes indústrias espalhadas por todo o mundo. A combustão de hidrocarbonetos produz fumaça e fuligem, geradoras de poluição, que é responsável pela poluição e chuva ácida. Ainda pior, a queima de hidrocarbonetos libera dióxido de carbono na atmosfera, provocando o aquecimento global. Tudo isso conduziu às chamadas para o desenvolvimento de novas fontes de energia renováveis como a energia solar e eólica, bem como a construção de usinas nucleares, que produzem emissões zero de carbono.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás