Google
Matérias, artigos e empresas relacionados a Manutenção e Suprimentos para a indústria
Esqueci minha senha

Medidor de nível de líquido magnético

Tipos de medidores de nível de líquido magnético

Mais notícias relacionadas a controle & instrumentação:

Diferença entre calibração e validação
A calibração é um processo adotado para assegurar que a medição de um instrumento é ...


Hotsite esclarece mitos sobre refrigeração com CO2
Danfoss também traz ferramentas de cálculo para avaliar potencial economia energética.


Nova tecnologia economiza energia no resfriamento de inversores
Desenvolvido pela multinacional dinamarquesa, o back-channel evita superaquecimento e efeitos consequentes.


Medidor de nível de líquido magnético Uma ampla gama de instrumentos é utilizada para monitorar e manter os níveis dentro do sistema de fluidos industriais. Através dos princípios visuais, micro-ondas, ultrassom, ou a detecção eletromagnética, os medidores de nível de líquido podem acompanhar e medir as variações nos níveis dos líquidos, permitindo que os operadores ajustem os controles e mantenham o sistema dentro dos parâmetros de desempenho preferido. Enquanto extensômetros apresentam um design relativamente simples e as características operacionais que envolvem a linha de visão da medição e monitoramento, que pode ser menos eficaz em aplicações que incluem líquidos perigosos ou tóxicos, devido ao risco potencial de ruptura ou vazamento em componentes de vidro. Peças em vidro podem dificultar a leitura à longa distância. Nestes casos, os extensômetros magnéticos de nível de líquido são uma alternativa útil, porque eles são eficazes no manuseio de substâncias tóxicas, assim como fornecer indicações de longa distância.

O extensômetro de nível magnético não depende de visualização direta dos níveis e das funções, em componentes de vidro transparente. Isso permite que a câmara de medição possa ser construída de peças metálicas opacas, soldadas, expandindo a escala de temperaturas de funcionamento, a aspereza e a durabilidade em relação às câmaras de vidro. A bitola de medição da câmara magnética geralmente tem o mesmo coeficiente de dilatação térmica do recinto que esta sendo medido, permitindo leituras através de uma ampla gama de temperaturas, o que seria inviável se os materiais de vidro fossem incorporados ao sistema e permitindo uma interface com a câmara de metal. Este medidor de nível líquido magnético é uma opção eficaz para um número de aplicações de monitoração de fluidos.

Flutuadores magnéticos

Medidor de nível de líquidoPara que medidores de nível líquido magnético funcionem com êxito, o metal usado para construir a câmara de medição deve ser de material não magnético, como um aço inoxidável austenítico. O extensômetro magnético geralmente se baseia em uma bóia no interior da câmara de medição, para ajudar a fornecer indicação de nível. Este flutuador é tipicamente um ímã permanente e um método de detecção de campo magnético é usado para determinar a localização da bóia, que indica o nível de fluido no reservatório, de modo que a câmara em si não pode ser magnetizada para não correr o risco de interferir com o processo de detecção magnética. Uma flutuação de extensômetro magnético normalmente precisa ser projetada com uma parede grossa para funcionar a altas pressões. Os métodos comuns para determinar a localização da bóia incluem transdutores magnéticos, bandeiras operadas por ímã, e os seguidores magnéticos.

Seguidores magnéticos

Um seguidor magnético é um dispositivo de rastreamento que é geralmente montado ao lado da câmara de medição do extensômetro. O ímã que permanece no interior da bóia se alinha com o seguidor enquanto o flutuador se move para cima ou para baixo com mudanças no nível. A posição e os movimentos do seguidor são medidos de encontro a uma escala para produzir leituras niveladas. A força da atração magnética entre o seguidor e o flutuador, por vezes, provoca um grau significativo de atrito contra a parede da câmara de medição. Isso pode limitar o nível de definição que é expresso com um movimento descontínuo do seguidor que responde às variações de nível.

Bandeiras operadas com imã

Como seguidores magnéticos, bandeiras operadas com imã fisicamente acompanham o movimento da bóia, uma vez que sobe e desce dentro da câmara de medição. O ímã dentro de cada bandeira faz com que ela vire em uma direção quando a bóia passa para baixo e vire para outra direção quando a bóia passa para cima. As cores facilmente diferenciadas, tais como: vermelho, laranja e amarelo são muitas vezes usadas para marcar as bandeiras e para fornecer uma linha de cores para os setores importantes da escala de nível. Cores fluorescentes também podem ser usadas para tornar a leitura mais fácil de serem visualizadas com uma lanterna. Estas bandeiras podem, no entanto, serem movidas incorretamente pelo subir e descer da bóia ou nas mudanças bruscas nos níveis de fluido. Esses erros geralmente podem ser corrigidos por meio de um imã colocado externamente ao longo do pavilhão, enquanto a posição de flutuação pode ser determinada com uma bússola, se necessário.

Transdutor magnetostritivo

Um transdutor magnetostritivo pode ser usado com um sistema de detecção de nível para fornecer leituras precisas sem as limitações apresentadas pelos modelos baseados em vidro, ou ele pode ser instalado em um nível de líquido magnético existente para aumentar as funções das bandeiras ou dos seguidores. O transdutor é um dispositivo linear que rastreia a posição de um campo magnético paralelo ao do próprio transdutor com um sensor de sonda. Em um nível líquido magnético, a bóia funciona como um ímã, com condições de produzir um campo magnético. Transdutores magnetostritivo são mais eficazes quando utilizados em conjunto com um tubo de metal padrão não magnético que encerra o sistema do flutuador e do ímã.

O guia é o componente central de um transdutor magnetostritivo. Enquanto um pulso atual alcança o circuito do medidor de ondas, a força de torção induz a posição do ímã e um temporizador é ativado. Esta força de torção produz uma onda de tensão que viaja através do medidor de ondas até o alcance do coletor onde é detectado e o temporizador é parado. O tempo decorrido gravado no temporizador indica a posição do ímã. Geralmente, há pouca ou nenhuma fricção do flutuador porque o diâmetro do medidor de ondas é relativamente pequeno, não criando nenhuma atração magnética ao longo da parede da câmara. A falta da fricção e a habilidade do transdutor detectar diferenças posicionais minuciosas conduzem a leituras altamente exatas. As medidas podem ser transmitidas localmente, remotamente, em um indicador autônomo, ou como na entrada computadorizada.

Flávio Saraiva

facebook      twitter      google+

* campos obrigatórios

Outras notícias relacionadas a controle & instrumentação:

Como funciona uma matriz lógica programável

Uma matriz lógica programável (em inglês, programmable logic array ou PLA) é um dispositivo que proporciona um ou mais níveis de saída lógica com base ...
Fluke faz promoção para equipamentos da série DTX e MicroScanner2

A Fluke Networks, fornecedora de soluções inovadoras para instalação e certificação, teste, monitoramento e análise de redes de cobre, fibra óptica e wireless, anuncia duas campanhas ...
Coeficiente de transferência de calor

O coeficiente de transferência de calor define a facilidade com que o calor passa de um material para outro, normalmente de um sólido para um líquido ou ...
Como funciona um sensor de torque

Um sensor de torque mede a quantidade de força de rotação em componentes mecânicos. As medições são transmitidas aos operadores ou sistemas de controle, a ...
Como se faz análise de umidade

Análise de umidade é a determinação da quantidade de água em uma dada substância. Normalmente, é relatada como uma percentagem de umidade com base no peso. Por inúmeras ...
O que é radiografia industrial

Radiografia industrial é um método de teste para falhas e defeitos ocultos em vários tipos de materiais, utilizando-se raios-X ou radiação gama. A radiografia industrial é semelhante à tecnologia m ...
O que é uma inspeção radiográfica

Inspeção radiográfica é uma técnica de ensaio não destrutivo utilizada para avaliar sinais de falhas em objetos e componentes que possam interferir na sua função. Isto ...

Controle & Instrumentação
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Controle & Instrumentação


Veja na Agenda de Feiras e Congressos
Veja na Agenda de Feiras e Congressos

Google