A Petrobras notificou à Marinha o incêndio na plataforma de produção localizada na Bacia de Campos, segundo o que informou o Comando do 1º Distrito Naval ontem, 27 de janeiro. O incêndio ocorreu na plataforma Cherne 2, no último dia 19. Esta plataforma, com capacidade de produção de 19 mil barris diários de óleo, é considerada uma das mais antigas e agora está com as operações paradas desde o incidente.

A Delegacia da Capitania dos Portos em Macaé recebeu o comunicado da Petrobras, de acordo com as informações passadas pela Capitania dos Portos do Rio de Janeiro. Após ter conhecimento do incidente, a delegacia mandou ao local dois inspetores navais para fazer a vistoria da plataforma. Somente então foi constatado o incêndio no módulo 5, que acabou afetando duas bombas de transferência de petróleo e também alguns cabos de energia elétrica.

Incêndio na plataforma Cherne 2

A Petrobras e a Agência Nacional do Petróleo (ANP) ainda não se manifestaram sobre o incidente. O fogo foi controlado pela brigada de incêndio da plataforma e, de acordo com a Marinha, não houve poluição ambiental, tampouco acidentes envolvendo o pessoal. Um inquérito administrativo sobre Acidentes e Fatos de Navegação foi instaurado e deverá ser finalizado em um prazo de até 90 dias.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás