A Ford Motor, uma das maiores montadoras da indústria automotiva, informou nesta sexta-feira, 28 de janeiro, que considera seu lucro anual em 2010 o maior obtido na última década. A companhia reportou um lucro líquido de US $ 6,6 bilhões, um aumento de 135% em relação a 2009. "Esta foi a maior renda líquida da Ford em mais de 10 anos, com produtos fortes e novos investimentos alimentando as melhorias em todas as operações de negócios da empresa por todo o mundo", disse a montadora com sede em Michigan, nos Estados Unidos.

A Ford também divulgou que o lucro no quarto trimestre de 2010 apresentou queda de 80% devido ao pagamento de dívidas e encargos. Contudo, a montadora elevou sua previsão para produção na América do Norte no atual trimestre e sua estimativa para vendas no fechado de 2011.

O lucro líquido nos últimos três meses de 2010 bateu a marca de 190 milhões de dólares (0,05 dólar para cada ação), compreendendo também dívidas de US$ 960 milhões, em comparação com o lucro obtido em 2009, que foi de US$ 886 milhões (0,25 dólar por ação). Levando em conta todo o período de 2010, o lucro líquido da Ford Motor atingiu os 6,6 bilhões de dólares, (1,66 dólar por ação), o maior valor conquistado pela empresa desde 1999. A montadora comunicou também que conseguiu diminuir seu endividamento em US$ 14,5 bilhões no último ano, com expressiva redução de custos anuais com juros totalizando mais de US$ 1 bilhão.

"Nossos resultados em 2010 superaram as expectativas, acelerando a transição dos negócios e garantindo um crescimento lucrativo para todos", disse o CEO da Ford, Alan Mulally. "Estamos investindo em uma quantidade sem precedentes de produtos, tecnologia e crescimento em todas as regiões do mundo." Como resultado desta campanha, conforme disse a empresa, a Ford deverá pagar participação nos lucros para cerca de 40.600 funcionários, com o valor médio esperado em cerca de US$ 5.000.


Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas