Diferentes tipos de areia para jateamento Há muitos tipos diferentes de areia de jateamento usados para aplicações de jateamento, e sua utilização varia inteiramente, dependendo do trabalho a ser realizado e do material a ser jateado. O tipo mais comum de areia usado em jateamento é areia de sílica branca. Outros materiais, tais como contas de vidro, óxido de alumínio, carboneto de silício e sementes de nogueira, mesmo triturados, também são usados para aplicações de jateamento na indústria. Independentemente do material utilizado, no entanto, existem diferentes agravos à saúde associados com cada tipo de areia. Por isso, alguns fatores devem ser levados em consideração durante o processo de decisão de compra desse tipo de suprimento industrial.

A areia de sílica é aproveitada principalmente porque não se trata apenas de boa qualidade e durabilidade do material, mas também é devido ao fato de o produto ser considerado de baixo custo, sendo facilmente encontrado em lojas especializadas. Junto com essas vantagens, a areia de sílica também pode ser reutilizada até certo ponto, ao contrário de alguns outros materiais. O principal ingrediente na areia de sílica é o quartzo, um cristal durável que permite um trabalho de jateamento eficaz. Uma das maiores desvantagens são os riscos à saúde que a areia de sílica oferece, pois cria grandes quantidades de poeira, algo prejudicial quando inalado.

Jateamento com areiaQuase todo o tipo de areia pode ser usado para a técnica de jateamento. No entanto, a areia comum é composta por outros materiais sem ser a sílica. A areia encontrada em regiões tropicais ou ao longo da costa é geralmente composta de calcário. Uma regra geral para o bom jateamento de areia é a sempre escolher a areia de cor mais escura.

Até mesmo a areia da praia pode ser usada para o serviço de jateamento de areia. O único problema com o uso da areia da praia para jateamento é, por ser de ambiente marinho, irá conter depósitos de sal. Uma vez que a areia é pulverizada em velocidades incrivelmente altas, a areia com depósitos de sal, muitas vezes, incorporam o sal no material que está sendo soprado. Isso é totalmente indesejável, especialmente quando os metais jateados são mais propensos à ferrugem e à corrosão.

A areia de jateamento também e avaliada por sua espessura, que é o tamanho de partículas conhecidas como "grãos". O revestimento resultante após o método de jateamento é determinado pela areia, com os grãos mais finos deixando um acabamento mais suave e os grãos grossos deixando um acabamento áspero. Outros fatores além do tamanho das partículas afetam o processo de jateamento, tais como a forma do grão de areia.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Suprimentos Industriais
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Suprimentos Industriais