Tijolo refratário para altas temperaturasO tijolo refratário é um tipo de tijolo especial projetado para uso em ambientes de alta temperatura, incluindo fornos e fornalhas. Várias empresas fabricam tijolos refratários em uma variedade de formas, tamanhos e estilos, sendo que este suprimento industrial pode ser encomendado diretamente pelo fabricante ou por intermédio de empresas que fornecem materiais destinados ao processamento térmico. A alta qualidade dos modelos de tijolos refratários tem uma série de características que tornam esses materiais muito eficientes.

A principal característica dos tijolos refratários é que ele pode suportar temperaturas muito altas sem falhar, trincar ou se quebrar. Esse tipo de tijolo para altas temperaturas também tende a apresentar baixa condutividade térmica, já que é projetado para deixar os ambientes mais seguros e eficientes. É um material que pode ser denso ou poroso, dependendo do design e da utilidade pretendida.

Este produto é feito com tijolos de argilas especiais que podem ser misturados com materiais como magnésio, de carboneto de silício, alumina, sílica e óxido de cromo. A composição exata do tijolo refratário varia, dependendo das aplicações para os quais ele foi concebido, mas os fabricantes de tijolos refratários geralmente divulgam as concentrações dos ingredientes e aplicações recomendadas em seus catálogos. Vale ressaltar que o uso dos tijolos refratários que não sejam os mais adequados para alguma aplicação pode ser algo perigoso, uma vez que existe a possibilidade de ocorrerem explosões, trincas e fissuras no produto, ou o desenvolvimento de outros problemas durante a utilização, representando uma ameaça para a segurança das pessoas.

Tijolo refratárioMesmo que seja projetado especificamente para ambientes de alta temperatura, o tijolo refratário, eventualmente, começa a falhar depois de muito tempo de utilização. Há riscos de rachaduras de quebra ao longo do tempo, exigindo uma inspeção regular dos ambientes onde este produto é utilizado. Caso os tijolos danificados sejam identificados, eles precisam ser removidos e substituídos por novos tijolos para garantir que o dispositivo funcione de acordo com o previsto, e também para reduzir o risco de lesões, falhas nos equipamentos, e outros problemas decorrentes. Os tijolos podem também acumular fuligem e outros materiais pelo uso de rotina, por isso a limpeza periódica é essencial.

Alguns lugares onde tijolos refratários podem aparecer incluem: lareiras, fogões a lenha, fornos de cremação, fornos de cerâmica, fornos de forjamento e alguns outros tipos de fornos industriais. Os primeiros tijolos refratários foram desenvolvidos em torno de 1800, com vários inventores contribuindo para tornar esses produtos mais seguros e confiáveis. As empresas continuam a desenvolver e testas novos tipos de tijolos refratários, mais modernos e eficientes, uma vez que os processos de fabricação avançam cada vez mais em termos de tecnologia, aumentando a eficiência e a segurança do produto e reduzindo seus custos de manutenção.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Suprimentos Industriais
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Suprimentos Industriais